Blogger templates

30 de jun de 2010

Mais um fan-film do Batman!


Parece que depois que Sandy Collora produziu o elogiado fã filme “Batman: Dead End” alguns fãs e intusiastas da 7ª arte resolveram também colocar a caçola pra pensar, uma câmera na mão e produzir algo do gênero.
Foi o que Aaron Schoenke fez para ter seu próprio filme do Homem Morcego, e isso lhe custou, suados 27 mil doletas!
City Of Scars” é um fã filme razoável, muito bem produzido e que tem uma narrativa um pouco clichê, mas é diferente de Dead End, pois teve várias locações externas, vistas aéreas, gárgulas na chuva, uma Ferrari fantástica e uma boate com uma mulherada muito a vontade pra delírio dos pequenos nerds espinhentos. Tudo muito diferente do que já se viu em filmes, porém mais do que batido nas HQs.
Além disso, tivemos a participação de vilões dos quais não estamos muito acostumados a ver nem em filmes originais ou em qualquer outro fã filme, como a Arlequina, o ventríloco Arnold Wesker e seu boneco Scarface e Zsasz.

O filme tem um pouco mais de 30 minutos e narra a fuga do Coringa do Asilo Arkham, Batman começa depois de saber que ele mata os pais de um garoto. Batman relembra de seu passado, da dor da perda de seus pais quando também era criança. O Cavaleiro das Trevas é forçado a traçar seu próprio perfil psicológico e aceitar as conseqüências de uma vida como vigilante. Ele é obrigado a encarar seus próprios terrores e limites para encontrar solução para o caso.
O curioso do filme é que o diretor/produtor não utilizou o símbolo do morcego como conhecemos, no uniforme do Batman. Deve ser algum problema com direitos autorais! e a caçada que

Ah! Mesmo que você não manje muito a língua inglesa, vale a pena ver esse fã-filme.


 


A produtora Bat In The Sun já fez outros filmes em homenagem ao Morcegão. Você pode acompanhar esses fan-films por aqui no site da produtora.

29 de jun de 2010

Loeb abre o bico!


Em apenas cerca de 24 horas após o anúncio de que Jeph Loeb seria o "cabeça" do recém-criado departamento de televisão da Marvel Entertainment, várias dúvidas pairam no ar sobre isso.
O site Newsrama conseguiu entrevistar Loeb, atual escritor de Hulk, que falou sobre seu novo cargo como Vice-Presidente Executivo, sobre o que exatamente envolve esse trabalho e a quantas anda os projetos existentes e os futuros planos para essa nova divisão para TV.
O Submundo Mamão traz pra você essa entrevista traduzida e resumida! Vamos aos fatos!

Loeb que já foi produtor/roteirista de Lost, Smallville, Heroes e quatro vezes vencedor do Eisner Award, disse que sua nomeação foi logo após a compra da Marvel pela Disney, e que se tornou evidente que a empresa (a Disney, porra!) estava muito interessada em trazer a Marvel para a televisão. Era só uma questão de tempo para que a Marvel tivesse a uma oportunidade, já que a Disney detém os direitos de redes de tv como ABC, ABC Family, Disney Channel, XD, ESPN.

Dan Buckley (Presidente e editor da Marvel) então o chamou por causa da suas experiências anteriores na TV com alguns seriados como Buffy, Smallville, Lost e Heroes. Como a Marvel fez um trabalho incrível na divisão de recursos de seus filmes, quando chegou a hora de explorar a televisão, queria fazê-lo com mais cuidado e de forma seletiva.
Eles então, trabalharão em três áreas diferentes, que a Marvel já estava explorando e continuará trabalhando nelas, como as animações que sairão diretamente para DVD, como foi o caso de Planet Hulk. O segundo é a expansão contínua nas áreas de animação, atualmente eles produzem Super Hero Squad, que está no Cartoon Network, e produzirão Os Vingadores: Os Heróis mais Poderosos da Terra
e, já em fase de desenvolvimento, Ultimate Spider-Man para o Disney XD.
 
Existem alguns projetos em animação que eles não estão podendo falar, mas que já estão em andamento.
A esperança deles é trazer a Marvel Animation para um patamar de qualidade e notoriedade assim como a das publicações e da divisão de filmes. Eles fazem parte do legado da Disney agora, então eles se sentem na responsabilidade de fazer com que a divisão de animação chegue ao mesmo nível. Pelo menos esse é o desafio e a esperança do grupo.
Outra novidade é que existirá uma nova divisão que trabalhará com live action, em parceria com a ABC e ABC Family. Isso significa que eles estão atrás de encontrar o personagem ou personagens certos para desenvolver algo no estilo de seriados, como Smallvillle e Lost.
Perguntado se eles tem ideia de modificar ou criar um novo ponto de partida para os personagens, para as pessoas que ainda não conhecem, ou se eles vão tentar criar a mesma mitologia já existente nos quadrinhos, Loeb respondeu que o objetivo principal da divisão de longa-metragem é fazer os melhores filmes baseados nos personagens da Marvel, para realmente se estabelecerem no topo do gênero de super-heróis. Iron Man é um bom exemplo disso, e ainda disse que ouviu falar coisas incríveis sobre o filme do Thor, que já está em produção e Capitão América. Ele desconversou um pouco e só falou que a intenção da Marvel é ter audiência mundial e fazer seus fãs felizes. Ou seja, querem encher o rabo de grana!
O dinheiro sempre fala mais alto, nenê!

 Ô da Poltrona, O Didi dos EUA curte mesmo é $$$!

Perguntado sobre que lições ele tirou de seriados como Smallville e Heroes dos quais trabalhou, e ele afirmou que as melhores coisas feitas para TV são feitas por pessoas com uma visão muito clara sobre as coisas como Damon Lindelof (Lost), Al Gough e Miles Millar em Smallville e Joss Whedon (Buffy e Angel). Para que as personagens sejam desenvolvidas para ter um sabor único e distinto e, ao mesmo tempo permanecer fiel aos quadrinhos.
Querem trazer as pessoas certas para desenvolver esses personagens, a fim de expandir essas histórias e fazer o melhor que podem.
Ele deu o exemplo que Ultimate Spider-Man será fantástico!


Ele ainda chupou as bolas daquele seriadinho xexelento, Smallville, e disse que a Marvel pensa em repetir o sucesso (espero que seja só o sucesso e não os roteiros!) ou ser capaz de impactar todo mundo como Lost (uia!) ou em desenhos animados como Batman: The Animated Series e Batman Beyond, dos quais Loeb é fã e acha que são exemplos surpreendentes do que pode ser feito neste gênero.

Loeb agora que é, junto com uma grande equipe, responsáveis por tudo o que é produzido na Marvel para a televisão tem a esperança de que, dada a dimensão do catálogo de heróis e o grande apetite que os fãs estão tendo por produtos relacionados à eles, eles consiguam produzir muito mais do que um só seriado. Pela entrevista deu pra perceber que eles tem a intenção de reviver antigos seriados como o Incrível Hulk (aquele com Bill Bixby e Lou Ferrigno).

 
Mas será que o mercado é suficientemente grande para esses vários shows, seriados e afins?

Loeb diz que tudo será visto caso a caso.
Já que a DC tem tido um estrondoso sucesso com Smallville e agora estão construindo o destino do Superman, se você olhar para isso de um ponto de vista editorial, as duas coisas não poderiam ser mais diferentes, tanto em termos de gênero ou em termos de sensação. Portanto, a verdadeira chave seria encontrar a rede certa, o estúdio certo e se certificar que terão os melhores criadores, a fim de trazer uma boa visão para a tela. Eles planejam fazer isso com muita cautela, muito cuidado e de forma muito seletiva. É esse o modelo que eles vão seguir.

Por fim, perguntado sobre o que ele gostaria de ver a Marvel produzindo, ele diz que está mais curioso em saber sobre o que os fãs gostariam de ver!


Acho que a resposta não seria diferente em se tratando do Loebão, pois é sabido que ele curte muito um roteiro massificado para vender produto.
Não que ele esteja errado... afinal de contas, isso é um produto!
Pra um cara que fez coisas como Demolidor: Amarelo, Homem-Aranha: Azul, a saga Silêncio e O Longo Dia das Bruxas com o Batman, pra mim, na boa, acho que sua missão vai dar certo!

Evento Quadrinístico - 2° HQ em Pauta

Vai rolar em São Paulo, nos dias 31 de julho e 1º de agosto de 2010, a segunda versão do HQ EM PAUTA. 
O evento vai acontecer na Biblioteca Temática de Literatura Fantástica Viriato Correa, e abrigará algumas exposições como "Os personagens de Spacca - Do esboço à Publicação" (de 1° de Julho a 22 de Agosto) e "Batman em Brinquedos e Figuras de Ação através dos Anos" (de 8 de Julho a 25 de Agosto), além de uma vasta programação que pode ser conferida detalhadamente aqui. 
 
O evento, idealizado pelo escritor, editor de livros e roteirista de HQ Edson Rosatto, tem o intuito de suprir o crescente interesse do público comum pelos quadrinhos nacionais, trazendo maior interação entre os profissionais dessa área e seus leitores, sejam eles novos ou os tradicionais, promovendo gratuitamente mesas-redondas, palestras, minicursos e sessões de documentários, além de vários lançamentos de HQs.
 
A exposição do cartunista Spacca, que está com mais de trinta anos de carreira, é inédita e contará com 20 painéis mostrando seu processo de criação, desde Dom João VI, que foi feito em parceria com a historiadora Lília Schwarcz, à Jubiabá, obra de Jorge Amado traduzida para os quadrinhos, só pra citar dois dos projetos que o artista fez e que são fruto de muita pesquisa e um grande talento criativo.
 
Já a exposição de "brinquedinhos do Batman", mostrará os cobiçados itens de colecionadores, elevados à categoria de obras de arte valiosas, do personagem que tem o maior número de itens de merchandising da história moderna! Leandro Nascimento, um dos maiores colecionadores brasileiros de figuras de ação, brinquedos e HQs do Batman, separou diversas peças raras e curiosas, em ordem cronológica de lançamento no Brasil, e as disponibilizou para a apreciação dos fãs.
 
Quanto a documentários, teremos apenas um pra ver, porém se trata do interessante “Guia rápido de como entender os quadrinhos”, com Scot McCloud no dia 31 de Julho. Além disso terão sessões comentadas dos filmes "Rocketeer" e "Superman II", com André Morelli, análise de portfólios, com Eddy Barrows e Felipe Massafera, Palestras, Debates e Mesas Redondas.
No Domingo rola um debate que promete esquentar os quadrinistas e leitores!Scans: ilegal, mas irreversível?”, com Levi Trindade e André Morelli, sob mediação de Jota Silvestre.
O debate vai expor sobre as tão famigeradas "scans" (
revistas digitalizadas sem autorização dos donos dos direitos autorais e disponibilizadas gratuitamente) que tomaram conta da Internet.
 
Participarão do evento os artistas Spacca, Danilo Beyruth (Necronauta), Eddy Barrows (desenhista exclusivo da DC Comics), Eloar Gazelli (FRONT), Felipe Massafera (Jambocks!), Laudo Ferreira Jr. (Yeshuah e À meia-noite levarei a sua alma), o intusiasta e colecionador de quadrinhos Marcelo Naranjo (UniversoHQ), o editor Maurício Muniz (Gal Editora), o roteirista Edson Rossatto, os jornalistas André Morelli, Jota Silvestre (Papo de Quadrinho e revista Mundo dos Super-Heróis ), o grande Paulo Ramos (Blog dos Quadrinhos) e Gonçalo Jr., o publisher valinhense Claudio Roberto Martini, além do editor Levi Trindade (DC Comics/Panini).



2º HQ EM PAUTA 
Local: Biblioteca Temática de Literatura Fantástica Viriato Correa - Rua Sena Madureira, 298, Vila Mariana, São Paulo. (próximo ao metrô Vila Mariana)
Horário: das 11 às 20 horas.
Não é necessário qualquer tipo de inscrição. Basta apenas comparecer e retirar senha para cada uma das palestras com 30 minutos de antecedência.
O auditório da biblioteca comporta 101 pessoas.

Marvel homenageia (no bom sentido) suas mulheres!


A gatíssima Mary Jane Watson a la Spidey por Christopher John Tyler

Em agosto deste ano a Marvel lançará em seus títulos normais, uma homenagem as personagens femininas da Casa das Ideias, destacando-as em capas alternativas!

Cada capa terá a ilustração feita por artistas diferentes em meio a uma moldura, muito utilizada na década de 80, criada pela dupla de desenhistas Stuart Immonen e Laura Martins. Os nomes de todos ainda não foram revelados, mas serão alguns dos melhores artistas da indústria, segundo a Marvel.


Os títulos já anunciados são do Homem de Ferro, X-Men, Homem Aranha, Novos Vingadores e Capitão América.
A homenagem se estenderá ao mês inteiro de Agosto.



Eu curti muito a capa da Mary Jane! Mas as outras não ficam nem um pouco pra trás!

Fazendo a capa da "Mulher de Ferro" temos o grande Salvador Larroca e na da Miss Marvel, o desenhista é Joe Quinones.
E a mulherada que lê esse blog (existe mesmo?), o que achou da homenagem?

27 de jun de 2010

Imagem pra pensar...

"Bons artistas copiam, grandes artistas roubam!"
 
Hum...o que que será que o Picasso quiz dizer com isso?

26 de jun de 2010

Raio Que O Parta!

Pra deixar muito fotógrafo com inveja!
O momento em que três raios caem ao mesmo tempo em três prédios próximos...


Lightning strikes three of the tallest buildings in Chicago at the same time! from Craig Shimala on Vimeo.

Imagens da Copa 2010: Portugal

Não batemos nos portugueses dessa vez, mas pelo menos conseguimos segurar um time que vinha de uma vitória de 7 gols! E isso é muito bom!
Não gostei do jogo e ter empatado, mesmo que sejamos o primeiro da chave, não dá o gosto da vitória.
Pelo menos, podemos ficar com o gosto de outra coisa. Das portuguesinhas que estavam no estádio!


Essas gatas do país do bacalhau, do azeite e do Cristiano Ronaldo não possuem bigode, e isso já conta muito também! =)

25 de jun de 2010

Enquanto isso, em Springfield...

Kaká - Bad Boy Facts


Depois da expulsão no jogo contra a Costa do Marfim, o bom moço assumiu seu lado marrento, e vieram à tona histórias de sua vida que comprovam que ele é bad boy.


Já está circulando na Internet uma lista com os Kaká Facts, uma sátira com os famosos Chuck Norris Facts, que brincam com as façanhas e bravuras do ator norte-americano. 
Confira a lista abaixo e, se puder, contribua com mais clicando nos comentários. 

- Numa festa de crianças Kaká comeu dois brigadeiros antes de ser cantado o parabéns.
- Kaká assistiu o horário eleitoral gratuito no mudo.
- Certa Vez Kaká saiu à noite em Milão no frio sem um casaco.
- Kaká já alugou um filme romântico e por engano veio um pornô dentro da caixinha. Ainda assim Kaká assistiu uma boa parte.
- Na juventude, a mãe de Kaká pediu pra ele comprar presunto e ele trouxe mortadela só pra sacanear.
- Kaká recebeu troco a mais em uma loja e não falou nada.
- Uma vez Kaká olhou pras pernas de uma mulher na rua.
- Em certa oportunidade, Kaká atirou num companheiro de time quando jogava Counter Strike.
- Kaká nunca deu boa noite pro Willian Bonner no final do Jornal Nacional.
- Quando criança, Kaká tocou a campainha do vizinho e saiu correndo.
- Kaká já ficou offline no MSN sem dar tchau para seus contatos.
- Kaká não precisou de pulserinha pra entrar no show do Restart.
- Kaká já tirou meleca do nariz e colou embaixo da carteira do colégio.
- Dirigindo, Kaká passou o outro dia no sinal amarelo.
- Kaká já foi dormir sem escovar os dentes.
- Kaká assistia o Cine Privé escondido dos pais.
- Kaká já atravessou a rua fora da faixa de pedestres.
 - Kaká puxou o rabo de cavalo de uma amiguinha na escola. Mas só uma vez
- Kaká mentiu prá mãe dele que estava doente só pra não ir pra escola.



Enhanced by Zemanta

24 de jun de 2010

Imagens da Copa 2010: Paraguai

Essa Copa as coisas estão lindas!
É time favorito perdendo e saindo sem participar das Oitavas, surpresas e mais surpresas não só pela técnica dos times e sim por causa de uma bola que além do  nome estranho, seu comportamento também o é e times sulamericanos galgando as primeiras colocações, e quiçá, teremos uma final entre latino-americanos (acredito muito nisso).
Agora, o que é show de bola mesmo, é a torcida feminina nessa Copa!

Por falar em times da América do Sul, temos aí uma paraguaia de respeito!


Eu diria, muuuuito respeito!

23 de jun de 2010

Animação: Journey to the West

A BBC Sport fez uma campanha de marketing para os Jogos Olímpicos de 2008 usando uma animação muito interessante baseada no folclore tradicional chinês "Journey to the West" (Viagem para o Ocidente ou traduzindo literalmente Jornada ao Oeste) que foi originalmente escrito como um romance mitológico por Wu Chengen e apareceu por volta de 1570, durante a Dinastia Ming, e conta a estória de Sun Wukong o Rei Macaco. Nela, o personagem é descrito como uma figura com extraordinários poderes, que tem a habilidade de voar montado em nuvens e névoas (ou você acha que Goku fez isso primeiro?) tem imunidade contra fogo, água e qualquer instrumento cortante, pode carregar uma montanha nos ombros, ficar invisível e se transformar em qualquer coisa, seja animal, vegetal ou mineral.
Sun Wukong acompanha e protege a jornada do monge Tang Sanzang para o oeste em busca do Sutra (O Livro Sagrado do Budismo) e contra os monstros e outras criaturas malignas que ele encontra pelo caminho. A estória é muito divertida e cheia de intrigas, perigos e tentações. Para combater todos esses perigos o Rei Macaco vai utilizar seus inúmeros poderes, dignos de um super-homem e demonstrar toda sua bravura, otimismo, perseverança e o espírito de resistência... Transformando assim seus feitos em lendas.


A lenda da Jornada ao Oeste baseia-se na peregrinação do monge Xuan Zang para a  India, em busca de escrituras sagradas do budismo, porém a versão que se tornou mais famosa foi a de Wu Chengen.
A animação e a música foram especialmente produzidos por ninguém menos que Jamie Hewlett e Damon Albarn!

Enhanced by Zemanta

Para Ouvir: Weezer - Island in The Sun

Gosto de Weezer. Acho uma banda legal de ouvir as vezes. Os clipes são muito bons também.
Os caras sempre tem umas ideias simples mas legais.

Just Logan

Você já deve ter ouvido por aqui que eu gosto muito desse personagem, apesar de terem ferrado tanto com ele que ele acabou se tornando um mutante muito chato!
Fizeram ele participar de grupos demais e que não tinham nada a ver com ele.
Wolverine funciona sozinho. Apenas fumando seu charuto, bebendo muito e arrumando muita briga! O lado samurai de Logan também me agrada muito.





----------------------------------------------------------------------

You may have heard around here that I really like this character, although both primed with him he became a mutant too boring! They did Logan participate in many groups and that had nothing to do with him.
Wolverine works alone. Only smoking his cigar, drinking a lot and arranging a lot of fighting!
The Logan´s samurai side also pleases me greatly.

See the colored drawing here.
Enhanced by Zemanta

Resenha: (HQ) INVASÃO DOS MORTOS


Invasão dos Mortos, o novo thriller de terror em quadrinhos que chegou às lojas brasileiras a pouco, lançado pela Gal Editora, apresenta o investigador freelance Antoine Sharpe, também conhecido como “o ateu”, e é sem dúvida um dos melhores lançamentos de quadrinhos desse ano!
O engraçado é que eu cheguei a folhar essa revista na FNAC sem muito interesse e lembro de ter achado os desenhos fracos, mas depois que um amigo me emprestou pra ler (é, tenho amigos que fazem isso porque sabem que eu tomo conta muito bem das revistas) é que eu percebi o quanto eu tava errado!

Sharpe é sensitivo, porém um descrente em tudo aquilo ligado ao espiritual. Contraditório? Nem tanto. Ele só precisa de provas de que aquilo existe, então à partir daí, ele começa a acreditar que existe!
Ele é membro de uma agência secreta do governo norte-americano e volta e meia se vê à frente de casos paranormais, investigando possíveis ameaças sobrenaturais, que logo após são rechaçadas como mais uma maluquice fácil de se explicar científicamente. Sharpe é o maior de todos os céticos, o que o faz um personagem muito interessante, já que é sempre jogado nessas missões. Ele  nunca tinha encontrado nada que o fizesse mudar de ideia, até aparecer uma legião de "supostos" zumbis de várias partes dos EUA, indo em direção a Winnipeg, no Canadá e ameaçando não só a cidadezinha, mas todo o planeta!
Sharpe ainda cético, e com a ajuda da agente canadense Melissa Nguyen e de um cientista gênio que mais parece um tumor ambulante, vai investigar e descobre que não se trata nem de alucinação em massa, sua primeira aposta, e muito menos se trata de zumbis.
Os mortos estavam voltando ao nosso mundo e invadindo corpos alheios, dando origem a uma onda de terror, banhada a muito sexo, bebedeiras e violência.
Posso falar isso numa boa, pois não é spoiler, porra!
Logo no início da saga você já percebe isso. E é exatamente o fato desses mortos não serem zumbis e sim incorporações dos mortos é que torna essa HQ mais legal a cada página!

Ela foi brilhantemente escrita por Phil Hester e desenhada nos primeiros capítulos por John McCrea, um desenhista que lembra em muito os traços de Frank Miller, por usar bastante contraste de sombras e luz, só que um Miller dez vezes melhorado. No capítulo final Will Volley destrói nos desenhos, com os mesmos elementos dos melhores desenhos em preto e branco para quadrinhos que você possa ver! Se ele fosse o artista principal, essa série cresceria muito no meu conceito e na nota.

Publicada originalmente nos Estados Unidos em quatro edições entre abril de 2005 e novembro de 2007, essa série ganhou uma versão encadernada em 2008.

Essa grande história de suspense e terror está sendo comparada a trabalhos de Alan Moore e Warren Ellis e não é pra menos já que Phil Hester já escreveu coisas como The Darkness, Vampirella e Raça das Trevas! Além de já ter desenhado o Monstro do Pântano.
Esse cara já foi indicado diversas vezes ao prêmio Eisner, e boto a maior fé de que ele dessa vez ganha se for indicado.
Recomendado, galera! Pode comprar sem erro.

Nota 9!

20 de jun de 2010

Prêmio HQMIx 2010

Olha aí, molecada!
O Troféu HQMix 2010 já está pra rolar e os indicados aos melhores de 2009 já saiu!
A boa notícia, pelo menos pra mim, é que a revista Subversos teve duas indicações ao prêmio, como melhor projeto editorial e melhor  publicação independente de grupo.
Assim que sair mais informações sobre o prêmio, vou postando por aqui!
Por enquanto, boa sorte a galera indicada!

Segue a lista completa de indicações:


Os Piores Momentos da Copa

Cara, se tem algo que já encheu o saco, foi esse troço de Vuvuzela.
Ô cornetinha do inferno!
Quando eu assisti aos três primeiros jogos da Copa, pensei que tinha uma caixa de abelhas alojada no meu cérebro!
Espero que essa experiência sirva de lição a FIFA. Copa do Mundo na África ou em qualquer país que adote a Vuvuzela nunca mais, a não ser que eles façam uma limpa nessas cornetinhas...

Esse vídeo mostra como esse troço é chato até na Terra Média!

17 de jun de 2010

Coluna: DC em Análise - Caçadora


Todos os pupilos de Batman sofrem com os treinamentos do morcego e com o altíssimo grau de exigência feito por ele, mas no final das contas foram selecionados por ele e tem sua permissão para agirem em Gotham City. Porém, com a Caçadora a história é bastante diferente, pois o herói já deixou bastante claro o quanto desaprova seus métodos e que não irá tolerar suas ações na cidade. Ela, por outro lado, esforça-se constante para obter a aprovação de Batman. O que estará por trás desta busca desesperada pela aprovação de Batman enquanto ele se mostra pouco flexível e não disposto a trabalhar com ela?
Veremos na avaliação psicológica da Caçadora feita por Doctor Doctor do SOC! TUM! POW!.

16 de jun de 2010

II Salão de Humor Medplan 2010

Participei a pouco tempo da segunda edição do Salão Medplan de Humor, com o tema Sedentarismo.
Os 10 melhores cartuns e charges já foram selecionados há um tempinho atrás e todos os 40 que fizeram parte da exposição no dia 20 de maio.


Segundo a comissão, participaram grandes artistas brasileiros, premiados em salões nacionais e internacionais e isso foi o motivo pra muito trabalho para os juízes do Salão.
A premiação foi de R$ 5 mil.
Entre os preferidos, estavam trabalhos dos renomados chargistas Amorim, Lor e Ubiratan.


Jota A, que fez parte da comissão, disse que a presença desses grandes nomes só colaborou para consolidar o evento.

Infelizmente não deu pra mim de novo.
Mas o importante é sempre participar desses eventos. Graças a esse Salão e o concurso da Folha, estou com bastante material pra mandar pra outros salões.
Vou tentar o de Piracicaba agora!

Abaixo um dos desenhos que mandei para esse salão de humor.

Sedentarismo nos Games

Campanha - Cala a Boca, Galvão!

Cara, eu adoro campanha viral. Ainda mais quando é feita com inteligência e humor!
A alvo da vez tá sendo o famoso "Cala Boca Galvão", um dos maiores trending topics do Twitter.
Os caras resolveram sacanear legal e a notícia foi parar no NY Times!
Parabéns pra galera do Não Salvo que agitou a parada!
Não vou me estender muito nos comentários, vale a pena ver o vídeo. Só tenho que falar que o Tiago Leifert é o cara! Além de não ter medo de perder o emprego, trouxe isso com muito humor pra Globo e ainda fazer o Galvão comentar... só o cara mesmo!




Enhanced by Zemanta

15 de jun de 2010

Scott Pilgrim em Bits!


Scott Pilgrim parece ser a mais nova máquina de fazer dinheiro do momento. Depois de uma incrível HQ (que só foi publicada por aqui a pouco tempo e apenas a metade dela) e ter um filme que promete ser bom aportando por aí, agora o personagem vai atacar em sua nova adaptação para o videogame!
Com uma trilha sonora que lembra muito os jogos da década de 80/90 e gráficos que se assemelham em muito aos jogos de 8/16 bits que a galera da minha idade tá mais que familiarizada, já que passava horas jogando fliperama no centro da cidade na hora do almoço ou quando matava aula, o jogo traz 4 personagens jogáveis (Scott, Ramona, Kim e Stephen Stills) cada qual com sua habilidade. Além disso, haverá disponibilidade a armas como martelos, tacos, latas de lixo e até espadas samurais. Bem ao estilo de Double Dragon.
Mas o jogo não fica só nessa não. Os jogadores poderão se enfrentar numa disputa aos moldes de Guitar Hero, com duelo de guitarras!
O design dos personagens foi mantido o mais fiel possível aos quadrinhos.

O enredo desse game seguirá mais ou menos o que acontece na HQ.
O jogo estará disponível para download no dia 10 de agosto no PSN.
Veja o "trailer" do game abaixo:

 

O Novo Traço do Pernalonga


picture by Jerry Beck 

A foto acima foi tirada da parede do estande da Warner Bros na Licensing Expo, em Las Vegas. Ela faz parte da campanha publicitária para apresentar a nova cara do Looney Tunes Show, ou se preferir, a Turma do Pernalonga, como é também conhecido por aqui!
Eu achei bem legal o novo "shape" da turma. Não perdeu muito de sua essência e está com uma cara bem mais jovem. O engraçado é isso, sem perder aquele jeitão de desenho da década de 30,40.
Veja só algumas imagens dos personagens que estão rolando por aí.




Eu achei bem legal.
Espero que os roteiros desses desenhos siguam o clima dos antigões, que eram em algumas situações, bem fora do contexto politicamente babaca correto que reina hoje em dia nos desenhos animados mais famosos. Tô curioso pra ver...

14 de jun de 2010

CQC - 100 Episódios!


Hoje o programa CQC comemora a marca de 100 episódios!
E o Submundo queria deixar aqui registrado essa data, desejando muitas felicitações e que o programa continue detonando por mais 200, 300, 400 episódios!
Com certeza, um dos melhores programas de reportagem e humor criado aqui no Brasil. (É eu sei que o formato foi criado pelos hermanos argentinos, mas Tas e cia. imprimiram com maestria as características do humor brasileiro a ele).
Então, é isso!
Parabéns galera!!!

Ah! Não percam o programa de hoje!!!

Imagens da Copa 2010: Dinamarca

Até agora, a melhor torcida que já vi nessa Copa!!!

Não é?!?

13 de jun de 2010

Separados... #3


Continuando a série de celebridades separadas no nascimento, agora é a vez de Bob Dylan e Adam Sandler!
Gosto de poucas músicas do Dylan (acho sua fanhice vocal um saco, mas o som é bom!) e Sandler, apesar de ser um ator próprio pra filmes de comédia (às vezes nem isso), está muito bem no drama "Reign on Me".
Filmaço!

11 de jun de 2010

Profissão: super-herói na calçada da fama


Autor: Mauricio Stycer
 
Eles não cobram por fotos ao lado dos turistas, mas aceitam gorjetas. Se cobrassem, seriam presos pelos policiais que acompanham seus passos e, às vezes, se disfarçam de turistas para testá-los. São mais de 70 pessoas que ganham a vida em Hollywood Boulevard, Los Angeles, encarnando personagens famosos do cinema e da televisão, em frente ao Teatro Chinês, na chamada “calçada da fama”.
Matt Ogens resolveu contar a vida de quatro deles, Super-Homem, Batman, Hulk e Mulher-Maravilha. O resultado é o curioso documentário “Confissões de Super-heróis”.

Engana-se quem for ao cinema em busca de uma crítica à Hollywood e à indústria que alimenta fama e celebridades. “Confissões de Super-heróis” não alimenta tantas ambições e se contenta em contar quatro histórias bizarras.
Ogens tem carinho por seus personagens e deixa o espectador entender a loucura e a miséria de cada um deles sem forçar muito a mão.


Christopher Lloyd Dennis (aquele da foto que também abre esse post), o Super-Homem, se diz filho da atriz Sandy Dennis (1937-1992), ganhadora do Oscar por “Quem Tem Medo de Virginia Woolf”, mas os parentes da atriz desconfiam que seja mentira.


Maxwell Allen, o Batman, afirma ter matado várias pessoas no passado, mas nem sua esposa acredita.

Jennifer Gerht, a Mulher-Maravilha, foi líder de torcida no colégio, na infância passada numa cidadezinha de 2.500 habitantes, e sonha ser atriz, mas lhe falta o talento básico para a tarefa.
E Joe McQueen, o Hulk negro, viveu quatro anos como sem-teto em Los Angeles, acha que nunca conseguirá um bom papel por causa de seus dentes tortos, mas, graças a seu tipo físico, já conseguiu duas pontas em filmes de ação e terror.


É verdade que Matt Ogens está longe de ser um Eduardo Coutinho, mas há algo de “Edifício Master” em algumas cenas de “Confissões de Super-heróis”, sobretudo aquelas filmadas em ambientes fechados, em que os personagens estão dentro de casa e encaram a câmara para falar das próprias trajetórias. Ao ver o Super-Homem sentado no sofá falando de sua mãe é inevitável lembrar de um incrível personagem de Coutinho – o aposentado que canta “My Way” para o cineasta dentro da sua quitinete em Copacabana. Para quem gosta do gênero, e encara um baixo astral desses numa boa, é um filme que vale a pena.

“Confissões de Super-heróis”

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...