Blogger templates

31 de out de 2010

Feliz Dia das Bruxas!


O Dia das Bruxas aqui no Brasil é uma data de comemoração recente. Chegou ao nosso país graças à grande influência da cultura americana e através dos cursinhos de inglês espalhados por aí!
Não só englobamos palavras como hot-dog e bussiness no nosso vocabulário cotidiano, como as festas vindas de lá! Espero que um dia a gente tenha festas de faculdade iguais as de lá também... bom, mas enfim, muitos brasileiros defendem que essa data não tem nada a ver com a nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Hum, é de se entender essa opinião, pois se não tivéssemos um folclore tão rico quanto o nosso, o argumento não seria tão válido. Mas o fato é que ainda somos influenciados por modinhas e pelo mega-capitalismo dos americanos, e muita gente faz reverência ao que vêm lá de fora, achando que é muito mais importante e... cool!
Também acho que nosso folclore deveria ser mais valorizado, mas só vamos achar isso lá pras bandas do Norte/Nordeste do país ou para o extremo Sul, lá nos pampas gaúchos onde ainda se conta, com orgulho, a história do Negrinho do Pastoreio.


Muita gente não sabe, mas em 2005, foi instituído pelo governo brasileiro, o Dia do Saci, também comemorado nesse dia 31 de outubro.



O Halloween é uma festa celebrada na véspera do dia de Todos os Santos nos EUA. Hoje ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa para o povo norte-americano. A comemoração foi levada pelos imigrantes irlandeses, em meados do século XIX. A história do Dia das Bruxas surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam em suas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.


A festa tem mais de 2500 anos e por ser uma festa pagã (como a maioria das festas que foi "repaginada" pela igreja) foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).



Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras que são símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens que não são tão assim assustadores.
As crianças tem participação importante nesta festa. Com suas fantasias "assustadoras" batem de porta em porta na vizinhança, à procura de doces ou travessuras (trick or treat). Felizes, voltam pra casa com as sacolas cheias de balas, chocolates e doces.
A não ser que saiam de casa como zumbis anões...


Trailer: The Walking Dead

A série The walking dead, que é uma produção original do AMC, baseada na história em quadrinhos escrita por Robert Kirkman, estreia nesta terça-feira, às 22hs. no canal Fox.
Confesso que estou ansioso para ver como é que saiu o seriado. Sou fã de qualquer coisa que envolva zumbis e essa foi uma das melhores HQs sobre o gênero que eu li, espero que o seriado responda as minhas expectativas também.
Só pelo trailer não dá pra avaliar muito, lógico, mas dá pra perceber que seguiu fiel a história e isso é muito bom!

Para promover o evento e chamar a atenção do público para o seriado, a Fox International Channels contratou modelos vestidos de zumbis para andarem pelas ruas, nas proximidades de alguns dos pontos turísticos mais conhecidos do planeta, como a Ponte do Brooklyn, em Nova York; no Museu do Prado, em Madri; no Big Ben, em Londres e até em São Paulo, onde eles invadiram o vão do Masp (Museu de Artes de São Paulo). Espalhados por outras 23 cidades do globo, os seres esfarrapados e carcomidos, fizeram a promoção da série que estreia nos Estados Unidos, agora, neste domingo, quando se comemora o Halloween.

À frente da produção de The walking dead está o grande diretor Frank Darabont, que é mais conhecido pelos filmes Um sonho de liberdade e À espera de um milagre. Além de assinar o roteiro e a direção geral, ele também é o produtor executivo ao lado de Kirkman, Gale Anne Hurd (produtor de filmes como O exterminador do futuro, Aliens, o resgate e Armageddon), Charles Eglee (das séries Dexter, The shield, Dark angel) e David Alpert.

The walking dead começa com um episódio especial de 90 minutos e mostra as desventuras do xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln) que acorda de um coma, em um hospital, após ser alvejado numa captura de bandidos e descobre que a cidade inteira foi devastada por uma epidemia que transformou todo mundo em zumbi. Os capítulos seguintes narram os meses que sucedem o apocalíptico incidente e a luta dos sobreviventes para se manterem a salvo dos mortos vivos.


30 de out de 2010

Power Ranger Azul, Drogado e Prostituído


Agora dá pra entender o porquê do ninja colorido ter assumido sua homossexualidade!
O Submundo mamão conseguiu em primeira mão (tá bom, isso não é tão novidade assim) uma foto que comprova que tudo começou num metrô, depois de uma balada forte, regada a muitos Dry Martinis.
Afinal de contas, todos sabem que fiofó de ninja bêbado não tem dono, certo?

O Problema Tá na Cabeça de Quem Vê


Não precisa explicar muito...
Afinal de contas, festinhas eram comuns também nessa época.

Será que esses são os antepassados de Brokeback Mountain?

Stan Lee, a animação em pessoa!

Quando você se torna famoso, uma lenda dos quadrinhos, por suas criações maravilhosas, acaba carregando um estigma lazarento consigo: Ter que atender e ser simpático com seu público nerd sem noção!
Imagina só a situação desse velhinho!

Stan Lee, num desses eventos loucos que acontecem nos EUA, tem que ficar parado, sentadinho numa cadeira, num estúdio com um fundo brega bragaraí, sorrindo e tirando fotos com fãs sem noção nenhuma do ridículo!
Olha só essas figuras fantasiadas!
Olha só o vigor desse homem! O sorrido sincero...O olhar maroto!

O mais engraçado é que ele deve tirar umas mil fotos por dia nesse esquema e deve ficar com a mesma cara em todas! Hahahaha!



Por isso que eu decidi fazer aqui um concurso cultural, desses de complete o balão...
O que você acha que o velho Stan está pensando nesse momento?

Serão escolhidas as frases mais interessantes e dependendo do número de comentários, vou estudar até a possibilidade de fazer algo relativo à prêmios num próximo post desses!
Então, pode a cachola pra funcionar e faça sua legenda!

------------------------------------------------------------------------

When you become famous, a comics legend, for his "marvelous" creations, you just carrying a bad stigma: Having to meet and be nice to your clueless audience nerd!
Just imagine the situation of this old man!

Stan Lee, one of those crazy events that happen in the U.S., have to stand still, sit down over a chair in a studio with a fuckin' cheesy background , smiling and taking pictures with fans without any sense of the ridiculous!

Look at these figures in fancy dress!
Look at the strength of this man! The sincere smile ... The cheeky look!

The funny thing is that he should take a thousand pictures a day on this schedule and should stay with the same guy at all! Hahahaha!

So I decided to do a promotion here, those of the complete balloon ...
What do you think the old Stan is thinking right now?

Will be chosen the more interesting phrases and depending on the number of comments, I'll even consider the possibility of doing something related to these awards in the next post!

So can the nut to work and make your caption!

Fanboy e Chum Chum


Não sei se vocês já assistiram, mas se não, tá aqui uma boa oportunidade de conhecer a animação Fanboy & Chum Chum! Essa é uma série americana em CGI animada, produzida pela Nickelodeon Animation Studios em parceria com Frederator Studios, baseada na primeira série de curtas da Random! Cartoons, chamada apenas Fanboy.
Criada por Eric Robles e dirigida por Brian Sheesley e Jim Schumann a série mostra as aventuras e desventuras de dois "pecinhas" aloprados, fãs de ficção científica, fantasia, super-heróis e todas essas coisas que qualquer nerd que se preza curte!
Tanto que suas vestimentas normais são uniformes parecidos com os de qualquer super-herói dos quadrinhos, com a famosa cuequinha por cima das calças.
O desenho estreou em 2009, depois de um filme do Bob Esponja.

Não assisti muito desses desenhos, mas pelo pouco que vi, já me agradou bastante! Sempre com referências nerds seja dos quadrinhos, games ou de filmes essa série é muito bem conduzida em seus roteiros e a arte é uma das melhores que já apareceram recentemente.
Fanboy, o garoto de 11 anos, que é o protagonista do desenho, é um entusiasmado fã de todas essas coisas nerds e curiosamente usa uma roupa mais próxima das utilizadas por vilões do que por heróis, já que usa as cores roxa e verde, assim como a maioria dos vilões da DC. Ele quer o "máximo" da experiência de tudo o que envolve loucura. Seu melhor amigo, Chum Chum, é um gordinho tampinha que está sempre ao seu lado nas loucuras. Com apenas 9 anos de idade, o personagem lembra muito o garoto prodígio Robin, tanto pelas roupas quanto pelo cabelinho bem penteado. E apesar de ser o mais jovem de todos, ele ainda frequenta a mesma classe desses garotos.
O garoto Kyle de 12 anos, é o antagonista da dupla. Embora ele seja o único personagem com poderes de verdade, Fanboy e Chum Chum acreditam que ele está fingindo, e, portanto, não acreditam que ele realmente tenha esses poderes. E isso o deixa muito irado! O personagem fala com um sotaque britânico e é uma sátira do Harry Potter!
Outro personagem interessante é o Zelador Russ Poopatine, uma "homenagem" ao Imperador Palpatine de Star Wars, um velho pálido, magro e deformado que usa um gorro escuro (em oposição ao manto de Palpatine). Várias referências ao filme são feitas através desse personagem, assim como sua robô Brenda, que se comunica por sinal sonoro, assim como o R2D2.

Vale a pena dar uma conferida!
Aproveitei a ideia do post e fiz uma ilustra em homenagem a animação!


Fiquem com a abertura do programa!
Brain Freeze! Bah-bha-bha-bhabhabha-bha...

29 de out de 2010

Mudanças


Olá!
O Submundo passou por mudanças de layout, por isso não tá rolando algumas atualizações por aqui, pois estou tendo que verificar TODO blog atrás de posts e imagens que ficaram "zuadas" por causa dessa mudança. Ocorreram alguns problemas de largura nos vídeos,  imagens, etc., portanto, como estou empenhado nisso e com outros problemas para resolver, as atualizações aqui serão esporádicas... assine o RSS e receba as mensagens de atualizações!

Enquanto isso não deixem de acessar o Blog Uarévaa!
Sempre rola podcast na sexta e post meu na quarta!

28 de out de 2010

Velhinha Porreta

Mais uma grande animação aqui no Submundo, "Como lidar com a morte" de Ignacio Ferreras, mostra uma velhinha porreta enfrentando a morte em ataduras e osso!
Não tenho mais informações sobre a animação.
Quem souber comentaê!

Noel Rosa é 100!


Participei de um concurso chamado Noel é 100 em homenagem ao grande músico brasileiro Noel Rosa!

Realizado pelo Instituto Memória Musical Brasileira, o concurso vai premiar os 3 primeiros colocados com uma graninha e o restante das 27 ilustrações (do total de 30) irão compor um livro, contando a história de Noel. Só que em função da prorrogação do período de inscrições, a data para divulgação desses 30 trabalhos que ilustrarão o livro será dia 25 de novembro.

Quem tiver de bobeira aí e quizer dar uma conferida é só acessar: http://www.noel100.com.br/galeria.asp
Valeu!
 

Caricatoon: Monteiro Lobato

Essa ilustra faz parte de um trampo que fiz pra Universidade. A ideia era pegar vários autores da literatura nacional, uma frase importante que ele disse e colocar isso em um calendário de mesa.
Fiz apenas 3 ilustrações pra esse calendário, o restante foi executado pelos outros membros do grupo.
Esse é o primeiro.
Se eu conseguir o arquivo dele montado posto ele por aqui.
Valeu!

26 de out de 2010

Para Ouvir: Arcade Fire - In The Backseat

O Arcade Fire é mais uma banda de indie rock que eu tô curtindo ouvir! Os caras são de Montreal, Quebec no Canadá e foi fundada em 2003 pelo casal Win Butler e Régine Chassagne.
O som deles é foda! A banda é conhecida por suas apresentações ao vivo, pois utilizam vários instrumentos musicais em suas composições como o piano, violino, violoncelo, xilofone, etc, além do comum guitarra/bateria/baixo.
Conheci a banda com o álbum Neon Bible, de 2007, que foi gravado numa igreja comprada pelos próprios integrantes, simplesmente porque estavam motivados em conseguir uma acústica melhor para o álbum! Na verdade, eu ouvi a canção "Black Mirror" e fiquei um tempo tentando "caçar" qual era aquela banda que tocava essa canção, até finalmente descobrir em 2008.
Voltei a ouvir recentemente a banda, principalmente essa música do vídeo abaixo.
A voz de Régine me lembra muito algumas coisas cantadas por Björk. Bem legal!


25 de out de 2010

Horário Político Gratuito #2

Mais uma da série Horário Político!
Se quizer ver a primeira parte clique aqui!Vamos logo ver o que a Dilma tem pra dizer. Essa mulher é um poço de inspiração... para piadas.


Depois do Pior Cover do Mundo...

É, se por um lado a gente vê cada coisa sinistra, por outro sempre vem a salvação!
Depois de ver o pior cover do mundo de uma banda tocando Guns N´Roses, acabei descobrindo outra igual, se não pior, tocando "Smell Like Teen Spirit" do Nirvana!

Pra descansar um pouco os ouvidos, basta ouvir essas crianças, que tem no máximo 10 anos de idade, tocando muitíssimo bem! A música é foda, não tem o que falar, "Everlong" do Foo Fighters!
O moleque tocando é perfeito e a menina tem uma voz encantadora! 


17 de out de 2010

Animação do Contra

Você já imaginou uma série de "contras" de personagens famosos? Já, né?
Mas tem gente que colocou isso em animação!
A que você vai assistir abaixo mostra a treta entre Jean Claude Van Dame contra Steven Seagal. Muito hilária!
Mas tem várias, inclusive do rei Leônidas contra Chuck Norris e do Frodo vs. Harry Potter! Outra bem legal que você pode assistir é a que mostra o mestre de lutas acrobáticas Jack Chan enfrentando um terrível percurso para poder esmagar com estilo o perigoso Olho de Sauron.

Essas animações são produzidas pelo estúdio Red Medusa e passam no canal da Tvigle e fazem parte de uma série chamada Versus.

16 de out de 2010

Abertura de Banksy nos Simpsons!


O notório artista de rua britânico Banksy, cujos trabalhos em stêncil são facilmente encontrados nas ruas da cidade de Bristol e Londres, foi convidado pela FOX para fazer uma abertura para Os Simpsons. O resultado foi o que parece ironizar as acusações de que produtos da série seriam fabricados com mão de obra barata na Coréia do Sul.
Ativista declarado, suas obras são carregadas de conteúdo social expondo claramente uma total aversão aos conceitos de autoridade e poder e suas criações têm como principal característica o forte sarcasmo!
Você já deve ter visto algo dele, só que não lembra...
Para saber mais, visite o site do cara aqui.



CREEP SIMPSONS INTRO from James Foley on Vimeo.

Arte na Parede

Para comemorar o 600º aniversário do Orloj, a torre com o Relógio Astronômico que fica em Praga, os designers do The Macula fizeram esse trabalho incrível na parede da torre, com projeções de 10 minutos de duração. Reserve esse tempo da sua vida para ver esse trabalho simplesmente foda, pois vale a pena assistir!



The 600 Years from the macula on Vimeo.

15 de out de 2010

MJ, sua linda!


É, eu sei que cobiçar a mulher dos outros é um tremendo vacilo, mas não tem como resistir a essa ruiva!
Mals aê, Aranha!

Youngblood Zumbi



Parece que Liefeld tem o dom! Dom de copiar tudo que vê pela frente!
Ele podia dar um tempo e estudar um pouco de desenho, não acham? Pelo menos tentar algo na área de anatomia e pés!!!!

É, Sr. Tiririca, pior que tá fica SIM!

Os Dez Melhores de Todos os Tempos... e Além!


O grande Baraldão entrou em contato comigo esses dias, pra me perguntar quais seriam, na minha opinião, as 10 melhores HQs de todos os tempos!

Confesso que foi difícil fazer uma lista de apenas dez! Mas até que consegui fazer com que minha opinião ficasse enxuta num top ten! =)
Agora o Bigorna.net publicou em sua página na internet minha listagem. Tá afim de conferir?
Vá lá, rapá! Clique aqui e veja as minhas 10 +!

Depois me diz aí nos comentários se concorda ou não!


Valeu à galera do Bigorna e ao Baraldi pela oportunidade de poder mostrar minha opinião, mas tenho que salientar duas coisas: uma, o nome do blog tá errado (!!!) é Submundo Mamão, e eu não sou o desenhista do Homem Grilo, eu fui! =)

10 de out de 2010

John Lennon: Celebração dos 70 anos

Nada melhor do que celebrar o nascimento do que a morte de uma pessoa, e nada melhor que esta celebração seja para um dos caras mais icônicos do rock. Ele era um pensador, um questionador e sua genialidade poética e política ajudou a revolucionar a cena musical dos anos 60 e 70. Ele era e continua sendo um ídolo pra muita gente.
Particularmente curto muito sua forma de pensar, expressadas através das letras de suas músicas. Não curto muito sua fase solo, acho que ele "funcionava" melhor com os Beatles, mas enfim...



Foi em 9 de outubro de 1940 que John Winston Lennon nascia em Liverpool para se tornar mais tarde uma das mais notáveis e rebeldes figuras do mundo.

Nessa celebração dos 70 anos de seu nascimento, sua cidade natal preparou uma série de homenagens especiais a ele. Além de um show beneficente, rolou até uma festa de aniversário no emblemático Cavern Club. São lembrados os 70 anos de nascimento, três décadas de sua morte, meio século da formação dos Beatles e 40 anos do fim da banda!

Eu aqui, embalado pela canção "Strawberry Fields Forever", deixo duas das melhores frases de um dos mais brilhantes músicos do mundo pra vocês ficarem aí pensando.


"É uma falta de responsabilidade esperarmos que alguém faça as coisas por nós."

"Amo a liberdade, por isso deixo as coisas que amo livres. Se elas voltarem é porque as conquistei. Se não voltarem é porque nunca as possuí."

Os Mais Xingados

8 de out de 2010

Cleo

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."
Fernando Pessoa




Essa menina sabe mesmo como chamar a atenção através de palavras e poemas, não?



6 de out de 2010

Resenha: Machete


Quando eu vi o trailer de Machete, logo antes do filme GrindHouse: Death Proof/Planet Terror, simplesmente pirei com a ideia que Robert Rodriguez teve. Colocar o feioso Danny Trejo como ator principal de um filme porradaria! Tudo ambientado no melhor estilão tosco/gore, que só Rodriguez e Tarantino sabem fazer!
Logo depois descobri que se tratava de um engodo. Era apenas um trailer falso. Só para compor todo o contexto da proposta de GrindHouse.
Logo, o trailer ficou tão famoso, que os fãs pediam desesperadamente para que fizessem um filme daquela tosqueira. Depois de muito enrolar, Robert Rodriguez não só aceitou a "difícil" missão, como prometeu extender esse filme numa trilogia!


Eu tava bem empolgado para ver o resultado desse filme, mas sinceramente, depois de vê-lo, não sei se seria uma boa fazer mais dois filmes com esse tema. Aliás, vou um pouquinho mais longe... talvez não fosse necessário nem ter feito esse filme, assim solto. Seria melhor fazê-lo para compor um GrindHouse 2, por exemplo.
Não é que não gostei do filme, apenas esperava mais. Quem assistiu aos trailers, já tem uma noção muito boa do que o filme é. Ele tá quase todo ali!


Bom, vamos à sinopse, mas antes é bom dizer que a "sinopse oficial" do filme é confusa, e assim como no trailer oficial, mostra um filme totalmente diferente.
Nessa sinopse diz que Machete se envolve com um traficante de drogas (Steven Seagal) e aceita uma oferta de Benz (Jeff Fahey) para assassinar um senador corrupto (no 1° trailer ainda não era Robert De Niro que encarnava o político texano), contando com a ajuda de Luz (Michele Rodriguez), Padre (Chech Marin) e April (Lindsay Lohan), uma socialite que possui habilidade com armas,. Ele é perseguido pela agente Sartana (Jessica Alba).


Na verdade, Sartana é uma policial à paisana, agente da imigração, que apenas analisa a questão de imigrantes ilegais na área, investiga uma vendedora de tacos (Michele Rodriguez) e está atrás de uma guerrilheira chamada Shé (que por acaso parece ser a mesma). Ela se interessa pelo feioso Machete que é novo na parada.
O "envolvimento" de Machete com o traficante Torrez é porque ele era um agente federal e estava caçando o cabeça de peruca. Isso acontece logo no começo do filme. Aliás, esse início de filme é fantástico!
Os clichezões de filme B de ação, a porradaria e mortes através de decaptação são muito legais e a cena da putinha mexicana pegando o celular, im-pa-gável! Você vai ver o por quê!


A estética de "filme velho" fica somente nos primeiros minutos do filme, antes da abertura, depois ela volta ao normal... mas toda tosquice se mantém.
 
Lindsay Lohan (que é filha de Benz) não participa tanto do filme quanto eu esperava, ou seja, ficou uma sensação de que cenas da personagem foram cortadas do filme. Ela se transforma na freira fodona do nada (não acredito que a razão seja a que fica sub-entendida no filme) e sai dando tiro na rapaziada nem sabendo porque está ali. As melhores cenas dela é quando aparece peladinha e na lagoa (que antes era uma piscina) fazendo um ménage à trois com Machete e a madrasta!


Robert De Niro está estranho no filme, umas vezes fala com sotaque texano carregado, outras não, mas incorporou muito bem a cara e as manhas de um político racista feladaputa!
Trejo parece um boneco de pano surrado. Não tem expressão nem quando anuncia que eles mexeram com o mexicano errado! =)
Mas ele fez tão bem o papel de feioso fodão que passa.
A coisa mais engraçada do filme é o mulherio caindo de quatro por ele.
Digamos que ele está simpático no filme. Passou o espírito de gente boa e cara honesto, então tá valendo.


As cenas de ação são muito divertidas, e as mortes dos vilões são primorasas, assim como o bungee jumping de tripas na cena do hospital. Aliás, esse é o nome do filme, diversão!
Existem duas cenas que dá pra comentar aqui sobre isso... a primeira é o guarda-costas cagão que não vê a necessidade de morrer pelo patrão e Torrez (Steven Seagal) com seu "ei, punheta!" nas vídeo-conferências com Benz, tá hilário!



A mulherada tá demais no filme!
Michelle Rodriguez tá gostosa como nunca e Jessica Alba apesar da cena fake dela nua tá um pitel. Apesar de eu achar que ela é uma atriz mediana, as cenas dela estão legais no filme, principalmente quando ela luta.


Seagal pegou bem no papel de vilão, mas foi derrotado com facilidade, que é um ponto negativo do filme.






O filme retrata os conflitos entre imigrantes ilegais e a lei de divisa dos EUA, lembrando sempre que tudo aquilo ali já foi um dia pertencente ao México e fala bastante sobre preconceito e racismo. 
O diretor garante que o longa não faz crítica direta às políticas de imigração adotadas pelos EUA, mas acaba chamando atenção para o tema e diz que os "recados" deixados no filme estão abertos a interpretações.

 Jessica Alba, Danny Trejo, Michelle Rodriguez e Robert Rodriguez
no lançamento de 'Machete'. (Foto: Kevin Winter/AFP)

O personagem, uma espécie de super-herói latino, faz parte dos projetos do cineasta desde 95, Rodriguez grande fã dos filmes B e de zumbi, já pensava na história desde 'A balada do pistoleiro'. 

 (Foto: Kevin Winter/AFP)


Por outro lado, Trejo via a necessidade de viver logo o personagem no cinema, pois o culto a Machete era tão grande que certa vez, em Londres, ele autografou as costas de dois caras que tinham uma enorme tattoo com a cara do personagem, maiores que uma Virgem de Guadalupe, segundo ele!
No mesmo dia ele liguou para Robert, dizendo que o filme tinha que ser feito.
O longa tá pra aportar aqui no Brasil em outubro, e é um filme que vale a pena ver com a galera.




Nota:7

Fonte utilizada: G1

Não fecha a porta, tá? Tranquilo?

Ter uma peçinha dessa em casa deve ser um barato mesmo...
Essa é pra quem tem filhos!


Cigarettes will kill you

Pra confrontar tudo aquilo que escrevi no post Cigarro e os Quadrinhos.
Realmente cigarro mata, amiguinhos!
Deixem apenas os personagens de quadrinhos fumarem! =)

O Caminho Mais Fácil

Esse post poderia ter sido patrocinado por: SKOL

Sabe quando você coloca lá no seu GPS o endereço e escolhe a rota mais rápida?
Bom, eu sempre desconfiei que isso era a maior balela. Sempre peguei umas estradas de terra, uns bairros bem toscos e outras coisas bizarras toda vez que fiz isso. Tá certo que eu sempre cheguei ao meu destino, mas acho que o modo "Rota mais Rápida" deveria ser modificada para "Rota mais Roots" ou apenas "Rota com mais Emoção"!
Sim, às vezes ir pelo caminho mais longo vale mais a pena. Pelo menos é o que pensa nossos queridos satélites.

Mas e quando você finalmente descobre que esses satélites só querem saber de te sacanear grandão?
Acha difícil isso acontecer? Então sigua os seguintes passos:

1 - Abra seu Google Maps;
2 - Escolha a opção "Como Chegar";
3 - Na opção A, escolha a cidade de Rio Branco, no Acre (Vamos supor que ela exista!);
4 - Na opção B, escreva a cidade de Puerto Maldonado, no Peru;
5 - Clique em "Como Chegar"...


Viu?


Um conselho? Pegue a viação Pé de Tétano e vá até Cobija. É mais rápido para pegar de lá para Puerto Maldonado, no caminho tem uma boa lanchonete na beira da estrada.

5 de out de 2010

Toy Art

Toy art é o termo que define o conceito de "brinquedo de arte". É um brinquedo feito para não brincar, dirigido para pessoas com idade acima de 14 anos - especialmente adultos - e com o intuito de colecionismo e/ou decoração. O toy art é, em síntese, uma "tela" em 3 dimensões para artistas e designers expressarem sua arte. Toy Art é manifestação contemporânea que se apropria do brinquedo para mesclar design, moda e urbanidade. 
Porém, na prática não são brinquedos.
Brinquedos são para crianças brincarem (e posteriormente, destruir ou passar adiante). Um toy art é para um adulto ou adolescente colecionar, guardar e cuidar. Quando tem algum membro articulável, serve apenas para mudar a pose na exibição.
Brinquedos comuns costumam serem produzidos aos milhões e suas séries são constantemente relançadas devido ao sucesso.
Um toy art sempre terá tiragem limitada, numerada ou assinada, e não será relançado - a não ser se for criada nova versão de grafismo.

A temática de um brinquedo é geralmente infantil, baseada em bichinhos, personagens famosos, de desenhos animados ou super-heróis. Os temas de um toy art podem ser meigos, violentos, subversivos, políticos, cômicos, criativos ou de linguagem urbana, underground, erótica, satírica, etc.
O intuito do toy art é, como qualquer obra de arte, causar alguma reação no observador. 


A História do Toy Art
O Toy Art nasceu como um movimento. Em 98, um desconhecido artista de Hong Kong, chamado Michael Lau, levou para uma amostra de brinquedos alguns GI Joe (o Falcon, manja?) remodelados e customizados, com roupagem hip-hop, logos, correntes e jeans. De cara fizeram sucesso, pois eram diferentes de tudo que já tinha sido visto. Essa ideia estimulou a imaginação de muitos artistas e até de não artistas. Mas é bom que se lembre, isso ainda não é propriamente um toy art, e sim um custom (ou customizado), parte de sua origem. Depois de ganhar status de mito, Lau foi seguido por artistas como James Jarvis, Eric So, Bounty Hunter, Brothersfree, Jason Siu, e outros. Esse foi o Big Bang dos toy arts no mundo!
Qualquer material pode ser utilizado para se fazer um toy art. Os importados costumam ser de vinil ou materiais plásticos, de processos bem mais caros e industriais. Por aqui eles são geralmente feitos de tecido ou plush (pelúcia), por serem de fácil manufatura e acesso. Ou seja, são mais baratos pra produzir.
Existem também aqueles feitos em madeira, metal, resina e até papel (paper craft).


O que eu fiz e vou apresentar para vocês hoje foi feito em biscuit!
Mas antes, vou terminar de apresentar os modelos de Toy Art, que podem ser:



- DIY (Do It Yourself) ou "faça você mesmo". São toys customizáveis, geralmente brancos, sem desenho algum. São vendidos para quem quiser fazer a arte do seu jeito, criando um design exclusivo. Usando tintas, canetas especiais, tecidos, acessórios, etc.; 
- Customs, ou customizações são toys modificados para se obter um design único, aproveitando a produção e formato do mesmo. É o caso das customizações que comentei aqui há três anos atrás; - Séries - Uma série é uma linha de variações gráficas sobre um mesmo modelo de toy ou vários toys de formas diferentes sobre um mesmo tema, geralmente essas séries possuem cerca de 10 a 15 elementos, variações de ratio e toys secretos.
- Blind Box -
São toys que vêm em pequenas caixas lacradas, e quem compra não sabe o que tem dentro. A desvantagem disso é que você pode comprar dois boxes e tirar o mesmo toy. E pelo preço deles isso é uma grande desvantagem!
Mas a vantagem é que se você der muita sorte, pode tirar um item raro, que pode valer no mercado centenas de dólares.
Uma característica interessante: Para evitar ao máximo que espertinhos abram as caixas e vejam o que há dentro antes de vender, algumas empresas colocam seus toys em embalagens metálicas, que não revelam o conteúdo, nem em raio-X.
- Open Box - É a "caixa aberta", ou seja, o comprador já consegue ver o que tem dentro e o que ele está comprando. Isso é em parte, economicamente melhor e menos arriscado. Porém o preço desse toy varia conforme sua ratio, o que não acontece com a blind box, onde o preço é fixo.
-
Ratio - é a proporção em que você pode encontrar um toy. Por exemplo, se um toy tiver ratio de 2/25, você poderá encontrar dois iguais num lote de 25 boxes. Os mais raros são os 1/100, 1/400, por exemplo. Porém, existem casos em que mesmo sendo comuns, alguns toys se tornam raros, por serem mais procurados ou desejáveis.
-
Chases - Tanto nas blind boxes ou em qualquer linha de toys, normalmente existem os chases, que são unidades secretas de uma série. Seu ratio é indeterminado, mas isso não significa que ele é necessariamente raro. Geralmente a figura, que também são chamadas de Mystery Figures, não vem impressa na embalagem e não são divulgadas logo de início. A presença desse elemento incentiva o colecionismo e o valor da toy art ou da série.

Toy Art é um universo relativamente novo na arte contemporânea, um movimento que cresce a cada ano e já existem no mundo várias lojas vendendo séries de brinquedos criados por grafiteiros, ilustradores e artistas plásticos.


------------------------------------------------------------------------
Eu sei que o post ficou longo demais, mas achei interessante contar um pouco da história da Toy Art, antes de mostrar a que eu fiz.
É algo que dá um trampinho pra fazer, mas é extremamente gratificante!
Mas, primeiro, antes de qualquer coisa, é preciso fazer um rascunho daquilo que você quer fazer. Depois de pensar bem na ideia é hora de fazer o lay-out!

Feito isso é hora de colocar a mão na massa!
Eu preferi fazer o meu em biscuit por ser mais barato e de fácil manuseio!

Eu usei um vidro de pimenta Tabasco para ser o "esqueleto" do toy art, mas não é necessário que seja feito isso num toy art comum.

 A ideia aqui é que o toy art vai servir para vender um produto,
no caso, um molho de pimenta.

A cabeça foi modelada com pedaços entrelaçados de papel comum de caderno para a cabeça "encaixar" na peça. A ideia inicial é que ela se movimentasse, mas por causa da tinta que secou no pescoço, a cabeça acabou "travando".

Usei tinta para tecido na pintura da peça.

Usei também aquelas canetas com tinta permanente
usadas para marcação de Cds/Dvds.


Às vezes o produto final não fica tão parecido com o layout, mas isso
se deve ao fato de ser uma peça que você está confeccionando à mão,
é artesanal, e não utiliza moldes, então isso é normal acontecer.


É complicado fazer a arte em caneta nessas peças, não só pela
falta de apoio da mão, mas a tinta de tecido não ajuda muito.



 É isso! Tá pronto!


Esse é o produto final!


Me baseei nesses produtos para fazer o meu toy art. Se você tem algo interessante sobre toy art, pode postar nos comentários os links ou sua opinião.
Até breve!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...