Blogger templates

30 de abr de 2007

Buffy - A caçadora de vampiros

Essa é a primeira Buffy, a do longa metragem, que foi piloto da série criada por Joss Whedon.
A atriz que interpretava a caçadora de vampiros era a gatinha Kristen N. Swanson.
Não ficou a cara dela, mas o desenho foi baseado numa foto do filme...
Tá valendo.

Por Dentro Do Simbionte

Porque o Homem-Aranha trocou de uniforme?
Porque o preto?
Como o Aranha conseguiu esse uniforme?
Peter Parker é Emo?
.
Se essas são as pergunatas que você ultimamente anda fazendo antes de assistir ao terceiro filme do Homem-Aranha, é porque com certeza você não é um desgraçado de um nerd ou não curte tanto assim o Amigão da Vizinhança ou então não estava nesse planeta nesses últimos 21 anos (caraca faz tempo!)
.
.
Tudo começou na saga Guerras Secretas (publicadas originalmente nos EUA nos anos 84/85 e no Brasil em 1986, em 12 partes, pela Editora Abril). Um ser extraterrestre super poderoso, uma entidade chamada Beyonder resolveu criar um planeta – provavelmente em um dia de tédio – e reuniu lá os heróis e vilões do Universo Marvel para duelarem.
.
O prêmio ao grupo vencedor seria a realização de seus desejos ou algo assim.
.
A história é muito boa, acreditem, mas o desenrolar dela não vem ao caso. O fato é que em determinado momento o uniforme do Homem-Aranha rasgou e, como ele não teve tempo de levar uma muda de roupa para o planeta de Beyonder, ficou em situação bem complicada. Foi quando ele achou uma máquina e, ao acioná-la, fez surgir um uniforme novinho, negro com a aranha estilizada no peito, em branco. O uniforme era ótimo: não rasgava (ideal para batalhas em outro planeta), mudava de aspecto apenas com a força do pensamento de nosso herói e ainda fabricava a própria teia.
.
Como o Aranha não era bobo nem nada, resolveu continuar usando o uniforme negro quando voltou para a Terra. O que ele não sabia era que na verdade o uniforme era um ser vivo, um simbionte, que tentava dominar o organismo que o hospedava. Após dezenas de reviravoltas que não vêm ao caso, o herói apenas conseguiu se livrar do organismo extraterrestre após descobrir que este era vulnerável a altas freqüências de som. Em uma igreja, fez um sino tocar bem perto de seu ouvido, ficando livre do organismo simbionte e ganhando uma baita dor de cabeça.
.



Humm...sei.

.
Onde Eddie Brock, o Venom, entra nessa?
.
Numa história (aliás uma dessas que hoje são consideradas cult) publicada pouco depois de Guerras Secretas, O assassinato da Capitã DeWolf, Brock, um ambicioso repórter do Clarim Diário, divulgou erroneamente sobre quem era o o assassino da capitã, também conhecido como Devorador de Pecados, e logo depois, essa história foi desmentida pelo Homem-Aranha.
.
Eddie ficou desorientado com o fim de sua carreira e nutriu, além de uma patológica vontade de se matar, um ódio mortal pelo aracnídeo. Um dia, para pedir perdão por suas ações e sentimentos, ele entra em uma Igreja (adivinhem qual) onde uma sombra surge e simplesmente o envolve e... bom, agora você pode assistir ao filme tranquilo.

.


fonte utilizada: site "hedonismos"

29 de abr de 2007

Novos personagens em Marvel Ultimate Alliance

Exclusivo para X-Box!
.
Cara, porque eu não tenho um X-Box em vez do meu PS2?
Seria mais fácil responder porque eu trabalho como um japonês pra receber como um cubano?
.
Bom, o fato é que foi divulgado a poucos dias atrás na Marvel.com alguns screenshots do jogo Ultimate Alliance, que mostram os novos personagens do jogo... apenas para X-Box. Uuuurgh!
Eles ainda não foram liberados para download, mas aí vai um gostinho pra você que, como eu, não tem um X-Box. Aaaargh!
. .

Os personagens, do lado dos “mocinhos” são :
Hulk, Noturno (Nightcrawler), Ciclope, Gavião Arqueiro (Hawkeye).
Do outro lado, ou do mesmo, sei lá, na verdade não entendi, estão:
Venom, Magneto, Dentes de Sabre e Dr. Doom.
.

direto do planeta Hulk...
.


clique para ampliar

.

.
Veja um trailer dos personagens do jogo aqui.

27 de abr de 2007

1 de Esparta

Ele foi cotado para viver o personagem Leônidas, mas quem disse que Leônidas era tão fodástico e porradeiro quanto ChúquiNoris?
Esse Chuck é coisa de Deus, mesmo!

Bizarro, eu?


Você precisava conhecer minha vó, então, que era cega de um olho...

23 de abr de 2007

20 de abr de 2007

Inimigo meu!


Aproveitando a onda do filme, velhos desenhos sobre o tema "Aranhas".


Só espero que não inventem um Homem-Aranha 4 com o Carnificina como vilão!

Demolidor vs. Mefisto


Desenho de 1992 com tratamento de 2007. Outra coisa.

14 de abr de 2007

Salve a Carol e seu telefone ;)

Se esse vídeo não triplicar o n° de visitas do BLOG, então não sei mais o que fazer...



Gostou da Carol e quer ligar? Vai em frente seu nerd, ela tá esperando por vc!!!

INCUBUS_Dig (animated video)

Essa banda existe a um tempão. Eu ouço INCUBUS desde 2000, mas a banda existe a mais tempo. Parece que agora com a música "Dig" eles estão conseguindo um destaque no mercado. Os caras merecem. Fizeram muitas músicas boas.
No link RECOMENDO tem a letra da canção e o clipe original da música.

Este é um belo trabalho realizado por um fã (Kaamuz).
Gosto muito de clips feitos com desenhos, com arte.
Hugs!

MÓRBIDO VAMPIRO


Desenho antigo que dei uma revitalizada a pouco tempo atrás, dei um tom mais sombrio já que ele estava até amarelo de velho.

Não me lembro bem de onde eu o tirei, mas sei que parece ser Morbius, um inimigo do Homem-Aranha. Vendo o desenho lembro dos traços de Todd McFarlane, o criador de SPAWN, que antes fez muita coisa com o Aranha e por consequência, lhe deu o prestigio de hoje em dia.

Sinceramente, não curto o traço dele, mas deve ter tido uma razão boa para que eu o tenha copiado.


Bom... o desenho ficou muito bom na minha opinião.

13 de abr de 2007

Vikings do Mal

.
Não tinha falado sobre esse filme numa coluna minha láááá no mês de Fevereiro sobre cinema, mas depois de receber um e-mail da FOX sobre o filme e vasculhando o site, me chamou a atenção a história e ainda mais por ser baseado em quadrinhos da Dark Horse.
.

artes retiradas dos quadrinhos da graphic novel "Pathfinder"
.
A história é a seguinte:
"Na América primordial, 500 anos antes que Cristovão Colombo descobrir aquele pedaço de terra, revela uma batalha épica entre o amor e o ódio que mudará o destino e o futuro de um homem e de uma nação: PATHFINDER (algo como aquele que descobre os caminhos, na língua indígena americana).
.
Esta saga de ação e aventura recria uma das mais encravadas, contudo nunca-antes-vista, eras na história humana - quando "draconesas" embarcações Vikings vindas das misteriosas terras Nórdicas chegam do nada para invadir uma América do Norte primitiva. Inspirado em fatos históricos, contudo forjado com a mágica e o estilo de uma graphic novel moderna, Pathfinder vem à vida em uma experiência cinemática cheia de ação primal e intensa.
.
.

Como uma lenda, a história fala sobre uma criança Viking de 10 anos que se torna o único sobrevivente de um naufrágio e é criado pelos índios de Wampanoag, que seus conterrâneos se propuseram a escravizar.
.
Eles o treinam para se transformar num caçador e guerreiro hábil.
.
Mas quinze anos mais tarde, o pálido homem conhecido em sua tribo como Ghost (KARL URBANO - mais um daqueles que fez O Senhor dos Anéis) está ainda tentando de seu passado. Agora, com o retorno dos Vikings para encetar um novo e bárbaro ataque para anaquilar sua aldeia, preocupado com sua amada (Moon BloodGood) GHOST conta com o auxílio de um shaman poderoso e inicia uma sangrenta guerra pessoal para vencê-los.
.

.

Hummm...é interessante. Pelo menos vendo o trailer.

Agora repete comigo: "Colombo, colombo, colombo"

Quem descobriu o Brasil?

12 de abr de 2007

Palhaço do Crime


Um cartum sobre a nobre e difícil vida do palhaço do crime.
Dar tiro em vidro blindado é frustante, mesmo!

O Pote N° 13


O cara estava andando pela rua e viu uma placa dizendo:
Clínica Médica - Tratamos qualquer doença
Resultado garantido ou seu dinheiro de volta EM DOBRO
E pensou:
- Esses caras tão se achando espertos, vou enganá-los e ainda tirar uma grana.
Entrou na clínica, pagou a consulta e o médico o recebeu sorridente:
- Pois não, o que o traz até aqui?
- Doutor, estou aqui com um grande problema: perdi meu paladar, não consigo sentir mais o gosto de nada: água, café, feijão, arroz, tem tudo a mesma falta de gosto.
E o médico:
- Ah, pois não. Enfermeira, por favor o pote número 13.
Ela veio com um pote cheio de uma substância marrom cocô.
O médico encheu uma colher e enfiou na boca do paciente.
- O que é isso? O senhor me deu merda?!! Tá doido?
E o médico imediatamente:
- Pronto, recuperou seu paladar... está curado.
O cara saiu puto da vida pensado:
- Desgraçado, me pegou dessa vez, mas agora tenho que recuperar minha grana. Da próxima vez vou meter uma infalível.
Uns dias depois entrou na clínica, pagou novamente a consulta e...
- Ora, ora, o senhor aqui de novo?
E o paciente:
- Como assim, de novo? Quem é o senhor, quem sou eu? Perdi minha memória. O que estou fazendo aqui?
O médico sem pestanejar:
- Ah, pois não. Enfermeira, o pote 13.
- O pote 13 de novo não, porra!!!
- Maravilha, recuperou a memória, está curado.
E o cara, puto da vida:
- Mas que filho-da-puta! Levou meu dinheiro de novo. Não é possível! Agora não vou dar chance.
Uma semana depois tava ele de novo:
- Mas vejam só, o senhor novamente! Em que posso ajudá-lo dessa vez?
- Pois é Doutor, estou acabado dessa vez, perdi o tesão. Não tenho mais vontade de comer ninguém. Vejo a Luise Alhtenhofen, a Carla Perez, a dançarina do Latino e nada. Não tenho mais vontade nenhuma.
O médico pensou um pouco e solicitou:
- Enfermeira, o pote...
- Se vier com essa porra de pote 13 mais uma vez vou foder com o senhor , vou foder com essa enfermeira filha-da-puta, vou foder com todo mundo!
- Pronto! Já recuperou seu tesão novamente... já está curado!

11 de abr de 2007

Homem de Ferro

Se você é um nerd ou curte um bom filme baseado em quadrinhos...(ou as duas coisas) sabe que tem estréia prevista para 2 de maio de 2008, o filme do Latinha, Tony Cachaça, né?
.
.
Quem? Cuma?
.
Não entendeu né? É você não é nerd, mesmo...

Através duma comunidade do UHQ no Orkut, vi uma postagem sobre uma das armaduras que estará no filme do Homem de Ferro!

Cara, perfeita! Quase idêntica a original dos quadrinhos, a primeira usada por Tony Stark!
Vê só!

O único problema dessa armadura no filme é sua origem...

Resumidamente a história é a seguinte:

Stark Inventou um traje especial, um exo-esqueleto superequipado. Construiu esse primeiro traje para fugir de um campo de prisioneiros vietcongue, para onde fora levado após ser capturado durante uma inspeção em uma das fábricas de armas no Vietnã. Os vietcongues obrigaram Stark a construir um artefato que lhes permitisse desencadear uma ofensiva definitiva contra os americanos. Porém, Stark tinha outros planos.

Mesmo com a saúde debilitada, devido a um estilhaço de granada que se alojara perto de seu coração, ele trabalhou naquilo que seria a primeira armadura do Homem de Ferro.

Tão logo ficou pronta, Stark a usou para fugir do campo de prisioneiros. As primeiras versões da armadura tinham um gerador magnético que mantinha o estilhaço da granada afastado do coração de Stark. Mas o problema só se resolveria por completo com um transplante de coração.
Com o traje cada vez mais aperfeiçoado, Tony Stark passou a atuar como super-herói, combatendo toda sorte de inimigos da América Capitalista.

Pois é, se no filme eles mostrarem a armadura como um "flashback", legal... mas não aguentaria ver um blá blá blá patriótico-americano sobre a Guerra do Vietnã.

Bom, o importante é que depois da recusa de alguns modelos, vi que eles vão fazer uma melhor pra versão atual.

Melhor que essa aqui.

Eu não sou nenhum designer de armaduras, mas curto muito o velho Iron Man!!!!

10 de abr de 2007

Gerador de Nomes Hobbit

"Ih! Meu anel caiu!"

Véio, achei um gerador de nomes muito louco!

Você quer saber como seria seu nome, se fosse um anão, ou um elfo, um mago ou até um Hobbit?

Ah! Pequeno gafanhoto, seus problemas acabaram! Agora você vai jogar RPG com seus amigos nerds tendo certeza do seu nome em élfico!!!

Baseado no filme Senhor dos Anéis o gerador de nomes pode ser encontrado aqui

Curti que meu nome de mago seria: Uienen - The Great, mas não entendi porque raios um hobbit lindo como eu se chamaria "Sego 'Deepdelver' Whitfoot (Ring Finder)????


7 de abr de 2007

O Gralha

Heróis Nacionais - parte 3


O Gralha

Você deve estar se perguntando: "Quem diabos é esse Gralha?"

Além disso: "Gralha não é aquele passarinho que come pinhão, ou melhor, enterra para comer e depois esquece ?"
.
Como você deve estar cansado de saber, os quadrinhos começaram a se tornar um fenômeno cultural graças aos jornais, que desde o início do século, abriram espaço às HQ's. Houve tempo em que haviam suplementos inteiros dedicados às tiras. Hoje os jornais já não dão tanta importância (nem espaço) aos quadrinhos como antigamente, mas mesmo assim, muita coisa boa tem surgido neles.
.
Há muitos artistas que sabem usar como ninguém o apertado espaço hoje dedicado às tiras de quadrinhos. Ou seja, os jornais ainda são um bom refúgio. E não só para o humor... E foi nessa lacuna que esse tal de Gralha se aninhou.
.
Ele surgiu em outubro de 1997, numa edição especial (comemorando os 15 anos da Gibiteca de Curitiba) da extinta revista Metal Pesado. Para realizá-la, foram convocados vários quadrinhistas locais, dos quais um grupo decidiu fazer de um projeto comum uma homenagem a um ícone desconhecido dos quadrinhos curitibanos, o Capitão Gralha.
.

Publicado no início dos anos quarenta pelo também desconhecido (e quase lendário até) Francisco Iwerten.


Fugitivo de um planeta de homens-pássaros, regido pelo terrível Thagos, o usurpador, o Capitão Gralha encontrou refúgio na Terra, onde utilizava seus poderes alienígenas no combate ao crime no Paraná. Misto de Flash Gordon com Super-Homem, ele teve vida breve. Foram publicados apenas dois números de suas aventuras, mergulhando esse trabalho pioneiro no mesmo abismo que tantos outros precursores das HQs nacionais.
Infelizmente, ninguém sabe se existe ainda algum exemplar de suas revistas...
.
Foi unânime que um homem alado, com um "G" no peito e bigodinho não seria muito bem visto hoje em dia. Optou-se então por criar uma versão atualizada do datado Capitão.
.
Alessandro Dutra criou o visual, Gian Danton e José Aguiar criaram a história.
Quem se encarregou da arte foi a equipe composta por Antonio Eder, Luciano Lagares, Tako X, Edson Kohatsu, Augusto Freitas, Dutra e Aguiar.
A capa da edição foi feita por Nilson Miller.
.
E assim o Gralha fez sua estréia. Um ano depois o personagem ganhava sua página semanal no caderno Fun da Gazeta do Povo, agora como um adolescente que descende do Capitão Gralha original. Um herói iniciante em uma metrópole um pouco diferente da Curitiba de hoje . Talvez, a única cidade do país, onde um super-herói se enquadraria sem parecer (muito) deslocado.

Afinal, ela mesma faz questão de, provincianamente, vender sua imagem como "cidade de primeiro mundo". E nada mais isso que um vigilante de colante.
.
Por sinal, a Curitiba do Gralha é um personagem à parte em seu universo, onde todas as características da verdadeira são elevadas à enésima potência. Localizada num futuro indeterminado, nela convivem arranha-céus gigantescos e muitas, muitas árvores. Essa Curitiba parece crescer ordenada e infinitamente, chegando até mesmo ao Atlântico.
.
Na verdade, ela é o paraíso de todo super-herói.
.
Nela todos os lugares-comuns do gênero "herói encapuzado" existem. Mas nem tudo é um paraíso como pode parecer. O crime ainda resiste, ainda mais numa cidade de proporções tão modestas.
.
E os super-vilões estão à solta.
.
Araucária, Café Expresso, Biscuí do Mato, Pivete Cybertécnico, Homem Lambrequim, Doutor Botânico, Polaquinha e Bagre Humano são alguns dos extravagantes que são enviados à ilha-prisão do A.H.U. pelo Gralha.
.
Isso quando o misterioso supergênio conhecido como O Craniano, cuja cabeça gigantesca é tatuada como uma pêssanka (aqueles ovos pintados pelos ucranianos na Páscoa) não está tramando alguma artimanha. Definitivamente, todos os elementos "clássicos", e porque não, "clichês" dos quadrinhos de heróis estão presentes nas HQs do Gralha. Sim, você vai encontrar cientistas loucos, mutantes e vilãs boazudas no universo do Gralha, mas não como está acostumado a ver. A começar ele é um homem fantasiado como um tolo e inofensivo passarinho. Quer coisa mais ecológica, e por que não ufanista, do que ser uma Gralha?

Alguns de seus autores gostam de super-heróis outros abertamente os detestam. Uns o desenham cartunizado, alguns realisticamente ou até mesmo abstrato... E ainda assim, ele é um só. Mas convenhamos, a graça de criar esse passarinho está em, simplesmente, fazer algo que de tão comum, acaba sendo único.
Então divirta-se lendo o que o Gralha já foi e tente imaginar o que o tempo reserva para o nosso singular "Vigilante das Araucárias".
.
.
texto por José Aguiar - retirado do site http://www.ogralha.com.br/


Como desenhar o Gralha:

Repare que O Gralha tem o corpo de um adolescente (16-18 anos), por isso evite desenhá-lo muito musculoso. Ele carrega o uniforme dentro de uma mochila escolar à tira-colo, que ele sempre carrega consigo.

Suas roupas "à paisana" e a mochila são escondidas num compartimento dentro da sua própria capa.

O Gustavo Gomes, o alter-ego d'O Gralha, costuma vestir-se como um adolescente comum: tênis, jeans, camiseta branca.

O design das roupas pode ter um toque futurista, pelo fato das histórias acontecerem em algum período do ano 2000 a 2050 (a ano exato nunca é mencionado nas histórias).

6 de abr de 2007

Feliz Páscoa!!!


Tio Olavo sempre foi um sábio e tinha, mesmo nas adversidades, um bom e espirituoso conselho a dar. Nunca esqueceremos da Páscoa de 1979. Foi quando eu descobri a verdade sobre o coelhinho da Páscoa e que muito chocolate se transforma em muita merda...
.
Foi a Páscoa onde o Rex estava com a gente a procura dos ovinhos, e ele achou mais que isso!
O próprio coelhinho!!!!Eu estava extasiado de alegria, mas percebi que meus priminhos e irmãos não estavam nada contentes...
.
Lembro-me que pra cada um dos presentes, Tio Olavo destilou sua pura e completa filosofia de vida, para acalentar nossa família naquele dia.

Para tia Bergamina disse:
"Querida, na próxima Páscoa teremos que comprar os ovos..."
Pro nono Genáro:
"Pelo menos tanto as crianças como o Rex terão uma Páscoa mais feliz!"
Para mamãe disse:
"Bom, agora as crianças já podem procurar os ovinhos, eles com certeza estão em algum lugar por aqui."
Pro meu irmão Godói disse:
"Isso é uma pata de coelho, garoto. Vamos pegue! É um símbolo que lhe trará muita sorte!"
.
E finalmente, quando todos se afastaram, eu ainda pude ouví-lo dizer ao Rex:
"Good boy, good boy!"

O Paradoxo de Nosso Tempo

By Dr. Bob Moorehead

"O paradoxo do nosso momento na História é termos prédios mais altos, mas paciência curta; rodovias mais largas, mas pontos de vista mais estreitos;
Nós gastamos mais, mas possuímos menos; compramos mais, mas aproveitamos menos.
Nós temos casas maiores e famílias menores, mais conveniências e menos tempo;
nós temos mais diplomas, mas menos razão; mais conhecimento, mas menos juízo;
mais especialistas e ainda mais problemas, mais medicina, mas menos bem-estar.

Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critério, dirigimos rápido demais,
ficamos acordados até muito tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco,
assistimos TV demais, e rezamos raramente.
.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos coisas maiores, mas não melhores.
Emporcalhamos o ar e além disso poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

.
Aprendemos a nos apressar, e não a esperar. Nós construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos. Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos corpos obesos e das pílulas que fazem tudo, de animar a acalmar, matar.

.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na despensa. Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.
.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre. Lembre-se de dizer uma palavra gentil a alguém que te admira com fascinação, pois essa pequena pessoa logo irá crescer e abandonar sua companhia.
Lembre-se de dar um abraço carinhoso a quem está do seu lado, pois esse é o único tesouro que você pode dar com seu coração, e não custa um centavo sequer. Lembre-se de dizer "eu te amo" a sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas em primeiro lugar, ame.

.
Um beijo e um abraço curam a dor quando vêm de lá de dentro. Lembre-se de segurar a mão e enaltecer o momento, sabendo que um dia aquela pessoa não estará mais aqui. Conceda-se tempo para amar, conceda-se tempo para falar, conceda-se tempo para compartilhar os seus preciosos pensamentos. O segredo da vida não é ter tudo que você quer, mas querer tudo que você tem!"

Texto no original (em inglês) aqui.

1 de abr de 2007

300 - Resenha do filme


Baseado na graphic novel de Frank Miller, 300 de Esparta, um dos melhores e mais elaborados trabalhos do autor, estreou na última sexta-feira (dia 30/03) no Brasil e já vou dizendo...vai ser o melhor filme baseado em quadrinhos do ano!!!!
Zack Snyder acertou em cheio!

A exemplo de Sin City - Cidade do Pecado - também de Miller - cada frame de 300 é arrancado das páginas dos quadrinhos e convertido em imagem em movimento, a transformação é praticamente literal.
.
.
O filme é pura testosterona, tanto que você sai da sala do cinema, com vontade de esmurrar o primeiro persa que você encontrar. =)
Tudo ali é pensado para provocar uma resposta emocional quase primitiva no público.
A trilha sonora casou muito bem com a ação, até o "heavy metal medieval" numa das batalhas, ficou bem num filme épico.
Aliás, as batalhas... uma das cenas mais impolgantes, numa cena de 5 minutos onde com câmeras lentas, aceleradas, pausas dramáticas, edição frenética, mostra um "arrastão" de persas promovidos por guerreiros de frente da guarda pessoal de Leônidas.
Destaques para as cenas da "chuva de flechas" e de quando os persas são obrigados a pular de um penhasco por estarem encurralados pelos 300 (cena idêntica aos quadrinhos).
.
Cena da chuva de flechas que nubla o Sol

Cena dos Persas encurralados nos rochedos
.
.
A história é narrada pelo soldado spartano Dilios (que na HQ, mais evidenciado, entretia os guerreiros com suas histórias durante os acampamentos ou pausas para descanso) , vivido pelo ator David Wenham, o Faramir de O Senhor dos Anéis.
.
.
principais atores:
Leônidas (Gerard Butler)
Imperador-Deus Xerxes (Rodrigo Santoro, com voz e estatura alteradas digitalmente)
Rainha Gorgo (Lena Headey)
Dilios (David Wenham)


"Spartano, não é de meu chicote que eles tem medo".


Vixi!!!! E vai chegando assim por trás? Abre o olho, Leônidas!







Nota: 10

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...