Blogger templates

23 de jun de 2010

Resenha: (HQ) INVASÃO DOS MORTOS


Invasão dos Mortos, o novo thriller de terror em quadrinhos que chegou às lojas brasileiras a pouco, lançado pela Gal Editora, apresenta o investigador freelance Antoine Sharpe, também conhecido como “o ateu”, e é sem dúvida um dos melhores lançamentos de quadrinhos desse ano!
O engraçado é que eu cheguei a folhar essa revista na FNAC sem muito interesse e lembro de ter achado os desenhos fracos, mas depois que um amigo me emprestou pra ler (é, tenho amigos que fazem isso porque sabem que eu tomo conta muito bem das revistas) é que eu percebi o quanto eu tava errado!

Sharpe é sensitivo, porém um descrente em tudo aquilo ligado ao espiritual. Contraditório? Nem tanto. Ele só precisa de provas de que aquilo existe, então à partir daí, ele começa a acreditar que existe!
Ele é membro de uma agência secreta do governo norte-americano e volta e meia se vê à frente de casos paranormais, investigando possíveis ameaças sobrenaturais, que logo após são rechaçadas como mais uma maluquice fácil de se explicar científicamente. Sharpe é o maior de todos os céticos, o que o faz um personagem muito interessante, já que é sempre jogado nessas missões. Ele  nunca tinha encontrado nada que o fizesse mudar de ideia, até aparecer uma legião de "supostos" zumbis de várias partes dos EUA, indo em direção a Winnipeg, no Canadá e ameaçando não só a cidadezinha, mas todo o planeta!
Sharpe ainda cético, e com a ajuda da agente canadense Melissa Nguyen e de um cientista gênio que mais parece um tumor ambulante, vai investigar e descobre que não se trata nem de alucinação em massa, sua primeira aposta, e muito menos se trata de zumbis.
Os mortos estavam voltando ao nosso mundo e invadindo corpos alheios, dando origem a uma onda de terror, banhada a muito sexo, bebedeiras e violência.
Posso falar isso numa boa, pois não é spoiler, porra!
Logo no início da saga você já percebe isso. E é exatamente o fato desses mortos não serem zumbis e sim incorporações dos mortos é que torna essa HQ mais legal a cada página!

Ela foi brilhantemente escrita por Phil Hester e desenhada nos primeiros capítulos por John McCrea, um desenhista que lembra em muito os traços de Frank Miller, por usar bastante contraste de sombras e luz, só que um Miller dez vezes melhorado. No capítulo final Will Volley destrói nos desenhos, com os mesmos elementos dos melhores desenhos em preto e branco para quadrinhos que você possa ver! Se ele fosse o artista principal, essa série cresceria muito no meu conceito e na nota.

Publicada originalmente nos Estados Unidos em quatro edições entre abril de 2005 e novembro de 2007, essa série ganhou uma versão encadernada em 2008.

Essa grande história de suspense e terror está sendo comparada a trabalhos de Alan Moore e Warren Ellis e não é pra menos já que Phil Hester já escreveu coisas como The Darkness, Vampirella e Raça das Trevas! Além de já ter desenhado o Monstro do Pântano.
Esse cara já foi indicado diversas vezes ao prêmio Eisner, e boto a maior fé de que ele dessa vez ganha se for indicado.
Recomendado, galera! Pode comprar sem erro.

Nota 9!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentaê

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...