Blogger templates

30 de jun de 2008

A Difícil Hora de Dizer Adeus!


... e com a tira de n° 90 termino minha participação na incrível história do Homem-Grilo!
Foi muito prazeroso, divertido e produtivo fazer as quase 40 tiras, nesses quase dois anos de trabalho, que me deram uma outra visão de trabalho e produtividade, fora o "upgrade" no meu traço, que as horas e horas de desenho me proporcionaram.
E fora os amigos que arranjei por conta desse trabalho!
E fora os personagens maravilhosos com que tive a oportunidade de trabalhar!

Agradeço a todos que me acompanharam até aqui e deram força pras coisas sempre melhorarem!
Agradeço ao Cadu e ao Ricardo, que apesar de as vezes não compartilharem dos mesmos gostos, humor para piadas e jeito de trabalhar, deram a oportunidade e a liberdade de brincar um pouco com esses personagens que aprendi a gostar tanto!
Mas o Homem Grilo continua e eu também vou ser um leitor que vai sempre acompanhar e quem sabe um dia retornar a desenhar...
Tenho ainda muita vontade de fazer uma história do Homem-Tartaruga (esse que aparece com uma tartaruginha ao lado na última tira) e os Territorianos!
Por enquanto, vou cuidar dos meus projetos que a tanto tempo ficaram engavetados e que precisam de tempo integral de atenção.
É provável que um deles, os Veteranos da Paz, ainda seja lançado e vendido durante o HQMix, que acontece agora em Julho. Portanto, fique atento!

Então, só o que tenho a dizer agora é:
Bom futuro e boa sorte, Grilo!!!

28 de jun de 2008

Homem-Grilo # 90

A iniciativa!
Quando tentou-se formar a primeira liga de super heróis brasileiros!
Mas sempre há empeçilhos!

clique na tira para ampliar

26 de jun de 2008

Overman



Com certeza um dos melhores heróis (se não o primeiro!) do Brasil!

Pena que o Laerte anda fazendo umas tiras muito nonsense... podia voltar a fazer mais tiras do Overman!


PS. : Cara, nada dá certo no Brasil em questão de animação... cancelaram essas paradas lá no Cartoon Network! Até o Adult Swin, bailou! A gurizada com DDA de hoje só quer saber de porradaria japonesa! Que merda!

24 de jun de 2008

Simpsons na real!

Com certeza um das melhores séries de desenhos já produzida no mundo!

Em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa

Essa "propaganda" é da época que a Araci de Almeida ainda era uma jovem senhoura, portanto não force muito sua cabeça pra lembrar disso! Chame a senhora sua mamãe e mostre, que provavelmente ela lembrará disso e dará boas risadas.



O curioso do vídeo é que realmente essa história existe!
É uma lenda tradicional japonesa.
A história apresentada no comercial é uma adaptação muito bem feita e criativa em relação à lenda. Como, por exemplo, ele não veio especificamente ao Brasil visitar as sereias, mas para onde ele foi, o reino do mar, elas provavelmente lá também estavam e no final, apesar da diferença, e guardadas as devidas proporções, ele acaba voando!

É que, depois de abrir a caixa e uma enorme fumaça sair de dentro dela, ele observa que havia apenas uma pena de garça e um espelho. Urashima olhou-se no espelho e para seu espanto estava velho. Logo em seguida, percebeu que seu rosto e seu corpo estavam se transformando numa garça!!!

Scoobah!

O original

Ultimamente estou com mania de transformar desenhos animados que fizeram parte da minha infância em cartoons com meu traço.
A bola da vez foi o famoso Scooby Doo e sua turma.



Não curto muito os episódios atuais do desenho, mas ainda gosto do personagem que eu chamava de Scuba quando pequeno... pra falar a verdade acho que começaram a cagar no desenho quando inventaram aquele sobrinho sidekick ultra-bucha do Scooby Loo.


O novo!

Seria legal mesmo, é fazer uma história deles.
Com certeza eu ia fazer um Salsicha mais doidão...hehehe.
"Scoobah, cadê minha seda, meu filho?"

23 de jun de 2008

O Incrível Hulk

.
Tá certo que já faz tempo que o filme estreou, mas só resolvi escrever meus comentários agora porque além de não ter tido tempo nenhum antes, bom... acho que deu tempo pra matutar melhor sobre ele.

E nem vou me prolongar muito falando de minúcias de roteiro, atuações ou direção, por que não sou nenhum gabaritado crítico de cinema, mas sim um grande fã de quadrinhos.
E o engraçado é que, na minha opinião, o filme me mostrou bem mais o
"Hulk do seriado de TV" do que o "Hulk dos quadrinhos". Ou seja, esse filme está totalmente diferente do primeiro Hulk, dirigido por Ang Lee. E nem dá pra considerar uma sequência com certeza.

Desse primeiro filme, tirando a inexpressiva atuação de Eric Bana(na), a luta contra os "cães gama" e a luta final contra seu pai transformado numa espécie de Zzzzsax (pra quem não sabe um inimigo elétrico do Hulk) até achei o roteiro bem redondo, mostrando todos aqueles conflitos psicológicos e tal. Mas nesse, teve sim algumas coisas no roteiro que me incomodaram.

Primeiro, tive a sensação de que houveram cortes bruscos na trama, a parte filmada no Brasil... achei longa, com algumas atuações porcas (dos ditos "brasileiros") e acabei ficando incomodado com a clara noção de que eles têm desse país, favelado e sem autoridade nenhuma (e não é que estão quase certos?)... Depois de adivinhar se o General Ross quer mesmo destruir o monstro ou usá-lo com arma para o exército, ainda temos que engolir ele o libertando, tão facilmente quanto o enforcamento com uma corrente como desfecho de uma batalha. Para quem aguentou porrada com um carro de polícia como luva de boxe (ô cena loca!), achei pouco.
Esperava mais um pouco da luta contra o Abominável no final (não em questão de qualidade e sim de quantidade), pois foi exatamente aquilo que já havia assistido nos trailers. É o que já havia comentado aqui antes, eles liberam trocentos trailers que acabam contando metade do filme. Muito ruim isso.
Como na treta com Emil e o exército, lá pro meio do filme, que apesar de já ter visto, mesmo assim achei perfeita.
Mais nada me empolgou mais do que o famoso "Hulk Smash!".

Reconheci nesse Hulk, a proximidade com uma de suas melhores fases nos quadrinhos, mas é inegável, pelo menos para os nerds da minha idade, que a série de TV também estava muito presente.
Do close no olho antes da transformação até o pianinho remixado da música de encerramento do episódio. Aliás, essa música toca em uma cena onde mostra Bruce Banner caminhando na chuva, indo embora da cidade, com a mochila nas costas, exatamente como na série.
As constantes trocas de roupa depois da transformação, os problemas para fugir, o Gen. Ross e seu exército em peso tentando derrubá-lo... toda sua mitologia estava lá.
Aliás, tava pensando, deve ser bem difícil escrever algo novo para o Hulk no cinema que saia desse padrão.

É um filme divertido e bem pop (nem precisa ser leitor de HQ para entender
e gostar), pois a intenção era exatamente essa, mas não ficou melhor que o Homem de Ferro.

Com certeza vou querer ver de novo, porque apesar do roteiro ter tido suas falhas, no quesito ação, acabou sendo filme competentíssimo e o melhor é que provavelmente o DVD venha com os 70 minutos cortados do filme, o que me deixa muito curioso pra saber se teremos mais uma versão de diretor ou uma versão de Edward Norton.

O bom é que a Marvel, que agora é a detentora dos seus filmes como produtora, está acertando cada vez mais em seus filmes e esperamos que a possibilidade de existir uma nova Elektra no futuro seja bem pequena!

Nota: 7

17 de jun de 2008

O Azar é seu!

Atualizar lá no Tiras Nacionais está cada vez mais difícil!
Já tenho algumas tiras rascunhadas mas não consegui ainda finalizá-las!
O tempo (mano véio) tá voando demais!!!!
E eu não estou conseguindo administrar muito bem minha carreira de desenhista nas horas vagas!
Muitos projetos, muitas idéias pipocando, muitos rabiscos, mas parece que tá tudo travando.
E eu não posso deixar isso acontecer!
.
Mas enfim, a vida é isso mesmo...
.
Sem mais papo furado tô apresentando aqui a mais nova tira do Submundo, "O azar é seu".
Espero que gostem!

Ah! Outra coisa... preciso de um nome para esse personagem.
Alguém se habilita?

12 de jun de 2008

Homem Grilo#89

Musculoso Strikes again!!!

clique na tira para ampliar

Com ele é assim... se estiver usando saia, mas não for padre ou escocês, ele xaveca mesmo!

Sejam Criativos!

Conversando com um colega de quadrinhos pelo MSN sobre personagens e direitos autorais, acabei me dando conta que, poucas pessoas que estão ligadas direta ou indiretamente ao ramo de quadrinhos, sabem ou entendem o que significa a licença CC (Creative Commons) e como é muito mais fácil quando você opta por ela.
Eu mesmo não sabia muito, até ler algumas coisas que o Cadu postou lá no antigo blog Cricrilar Radioativo.
Então, acabei lembrando desse vídeo explicativo sobre a licença, que foi traduzido para o português, e resolvi postar por aqui, para que você que tem um personagem e de repente não tem grana para desembolsar e licenciar através do modelo comum e antigo ou normal (como preferir chamar), possa começar a trabalhar com ele sem maiores medos!
Preste bem atenção no vídeo e veja se esse é o modelo que você acha que vai te beneficiar ou então vá até a página do CC para saber mais sobre outras modalidades do mesmo licenciamento.
Enjoy it!



10 de jun de 2008

Sonhar é melhor...


Concretizar o sonho então, é melhor ainda!
Desde pequeno, pequeno mesmo, eu faço histórias em quadrinhos.
Apesar de não ter certeza, precisamente, de quando ela foi feita (provavelmente entre 7 ou 8 anos), ainda tenho guardada a minha primeira "historinha" (como eu costumava chamar), que foi feita num desses bloquinhos de rascunhos, que geralmente as pessoas tem ao lado do telefone... sempre “tomava” um emprestado pra mim.
Essa história de pouco mais de 7 páginas era sobre aquele desenho, Dartagnan e os Três Mosqueteiros, que passava na extinta Rede Manchete, nos saudosos anos 80! Para cada quadro eu usava apenas uma folha, de maneira que ficasse em seqüência a história.
Fiz muitas depois dessa, mas por inconseqüência, acabei jogando muitos desenhos dessa época no lixo.

Continuei desenhando pin-ups e estudando desenho como auto-ditada, ainda mais quando comecei a ficar muito fã dos quadrinhos da Marvel e DC.
Retomei o gosto por fazer quadrinhos de novo com uns 15 pra 16 anos, quando já tinha lido de tudo, de livros de FC à terror, dos famigerados livros da coleção vagalume, de Ziraldo à Mauricio de Souza... Mas foi quando conheci os Skrotinhos de Angeli, os Piratas do Tiête de Laerte e Níquel Naúsea e Vostradeis de Fernando Gonsales, que decidi o que queria fazer em quadrinhos...

Que eu me lembre Os Sport´s foram meus primeiros personagens "regulares". Eu fiz várias histórias com esses personagens!
Eram crianças, entrando para a adolescência, que curtiam aventuras, quase sempre com os temas sendo relacionados à esportes. Pra saber um pouquinho mais sobre parte dessa turma você pode fazer o download da webcomic, "The Scabies".
O tom cômico e de escárnio ficava por conta de Miguelito, ô menino bonito, uma paródia que fazia chupinhando totalmente o traço de Gonzáles, homenageando um amigo de escola e das várias páginas de Super Mongo Bros. que era uma paródia ao estilo “videogame” de Mário Bros. onde todos os alunos da minha classe da 8ª série participavam.
Qualquer dia eu posto isso aqui.

Comecei a pegar mais para o lado de super-heróis quando fiz a história das "Taturanas Ninjas".
Peguei alguns personagens dos Sport´s e os transformei em heróis, baseado lógico, no sucesso da época que eram as Tartarugas Ninjas. Cheguei a comentar isso aqui.
Depois vieram Os 4 Fanáticos e Os Vigilanteadores, ou algo do tipo, sinceramente não me recordo agora dos nomes (sério, tenho problemas com nomes) também usando personagens dessa turma e parodiando heróis conhecidos.
Sempre curti fazer essa linha.
Tenho problemas de levar heróis a sério, apesar de gostar bastante. =)

Vai ver que é por isso que identifiquei tanto com o Homem Grilo!

Bom, o fato é que o tempo foi passando e com uns 16, 17 anos resolvi procurar alguns editores para poder publicar meu trampo. Vivia mandando desenho para as redações de jornal e revistas (como ainda faço de tempos em tempos), mas acabei me decepcionando um tanto nessa época.
Alguns editores, que ocasionalmente viam meu trabalho, até acabavam ajudando e dando alguns toques legais sobre estudar mais anatomia e tal, mas outros, só diziam que meu trabalho não era bom e ponto, sem acrescentar mais nada. Até parecia que faziam questão de me fazer sentir que o que eu estava apresentando era apenas puro lixo impublicável.

Sinceramente agradeço por todos esses “nãos” que acabei ouvindo, pois percebi mais tarde, que realmente o material que estava apresentando estava todo errado (mas não chegava a ser lixo), e passei a me dedicar ainda mais aos estudos de anatomia (ainda estou em treinamento), perspectiva, sombreamento, iluminação, etc. Bom, pra encurtar a história, passei a me dedicar aquilo que me dava prazer em fazer, ainda mais depois de descobrir finalmente meu traço! Comecei então a dividir essas experiências pela internet, através desse blog.

Tinha achado meu caminho! Meu e de um zilhão de artistas que cansaram de procurar editoras. As webcomics!
Acabei contanto um pouco da minha história até aqui, apenas para ilustrar esse próximo passo importante da minha carreira, que é minha primeira HQ publicada!
Sim, numa revista!

Estou contente em fazer parte de um movimento de artistas que querem mostrar seu trabalho, independente se isso vai trazer benefícios financeiros a curto prazo.
E nessa leva estou trazendo um cara que sempre duvidou de seu potencial para escrever. Espero que ele continue depois dessa!

Tínhamos um projeto a um bom tempo atrás, que era mais uma experiência maluca, de fazer uma HQ, onde ele escreveria e eu e mais 2 desenhistas amigos revezaríamos na arte. A idéia era eu fazer os personagens, o outro fazer as paisagens e veículos e o terceiro a arte-final adicionada a uns rabiscos. A história era de Ficção Científica em um futuro caótico. Clichê? Éramos aficcionados na revista Heavy Metal na época. Tudo culpa dos Meta-Barões!!!
Mas a gente cresceu, e enfim, estamos aí com um trampo de qualidade, vocês vão ver.
E é isso, acho que nunca me extendi tanto num post.
Tô até preocupado, pois não curto me prolongar tanto num texto. Sou daquelas pessoas que não curtem ficar lendo parágrafos e parágrafos de blá, blá, blás em blogs, mas sinceramente precisava passar essa linha do tempo nesse blog.
Espero que vocês leitores me perdoem!
No post abaixo, tem todas as informações sobre o projeto!
Valeu!


PS. Não deixem de ler o material, tem muita coisa boa!

Sobre a Revista Subversos

A revista Subversos, que atualmente recebe apoio financeiro do VAI (programa para valorização de iniciativas culturais da prefeitura de São Paulo) tem como objetivo incentivar, publicar e divulgar HQ de autores de todas as regiões do país que, de outra forma, não teriam espaço para apresentarem seus trabalhos.
Também tem por objetivo incentivar a produção de HQ de novos autores, por isso está aberta à colaboração de todos seus leitores.
A revista tem como temática o cotidiano urbano e aceita todas as técnicas, estilos e experimentações gráficas ou narrativas. Terá 48 páginas, em formato revista (21x27 cm) P&B.

O apoio do VAI, permitirá distribuí-la gratuitamente em diversos pontos da cidade e também através dos correios.
A primeira edição tem previsão para ser lançada em junho.

A 2ª história da revista será "Sonhar é melhor" dos autores André Oliva e Vini.

Mas informações sobre a edição aqui.


Preview da história.

7 de jun de 2008

Amy from Yellow Swamp!

Sei que parece que não tem nada a ver com desenho isso que vou postar hoje, mas como sou também muito ligado à música resolvi que era por aqui mesmo que ia falar sobre isso, até porque no final você vai acabar entendendo que, sim, tem a ver com desenho...
Lá no começo do Submundo, eu falava bastante de música, bandas, letras, etc., mas depois acabei migrando certas coisas lá pro Recomendo (uma espécie de apêndice do blog onde posto algumas coisas que acho legais), portanto recomendo a visita por lá antes de mais nada.

O que eu queria comentar é que existe um blog que sempre acompanho que é o Omédi e lá sempre tem algo relativo a Amy Winehouse. Véio, na boa, curto muito o som dessa mulher, acho que devido a tanta falta de criatividade na música, ela acabou aparecendo e salvando um pouco a pátria por uns meses, numa época que eu estava ávido a procura de um som novo pra ouvir, mas depois de ver essas coisas bizarras que publicam sobre ela, fica dificil de tirar essa imagem quase subliminar da mente!!!

Existem fotos que mostram como ela vem se deformando ao longo do tempo, devido a drogas e muito álcool, mas essa comparação com uma arte de Basil Wolverton, que ganhou o concurso de ter criado a mulher mais feia do mundo, foi foda! Hahahahaha...

Ela está o próprio rascunho do mapa do inferno do avesso, mas ainda assim ouvi dizer que existe uma pessoa interessada nela... ele mesmo, o gigante esverdeado, amado por todas as crianças, o Mongo do Pântano Amarelo!!!
Ela seria uma boa parceira para Asdrubol, que continua virgem e solteiro, mas ainda vendendo suas brouxeilas verdinhas!

5 de jun de 2008

Verdão (e não é o Parmera)

Dia 13 de Junho (próxima semana) estréia o novo filme do Verdão nos cinemas!
Se você estava por aqui nesse planeta, nesses últimos 2 meses, sabe que liberaram uma carack-lhada de clipes do filme, assim como fizeram com o Ferroso (Homem de Ferro) mas com menos “entusiasmo”. Pelo menos por enquanto...
Até prefiro assim, porque ultimamente pegaram uma mania terrível de fazer 5 trailers por mês para os filmes da Marvel. Você senta a bunda no cinema com a impressão de que você já viu o filme.
Eu me peguei duas vezes, no filme do Ferroso, falando pra minha mulher no cinema: “Olha, essa parte é fudida!”, “Olha o que ele vai fazer agora...”.
Pô, phoda!
Eu realmente não estou muito empolgado com o filme, na verdade, não estou empolgado com esse Hulk, pois ainda não estou convencido desse CG que usaram pra fazê-lo. Ele tá parecendo muito artificial (Tá eu sei que o Hulk não existe).
Não dá por exemplo, para compara-lo com o Smeagol de Senhor dos Anéis, mas sim com um daqueles zumbis de “Eu Sou a Lenda”. Quem viu vai me entender...

Mas acho que do resto deve estar supimpa. Tanto o roteiro, que foi cuidadosamente feito em parceria com o ator Edward Norton, quanto na edição da bagaça, que também contou com a participação dele e que gerou muitas brigas sobre o que colocar ou não no filme.
Isso me tranqüiliza um pouco, porque acho ele um pusta ator e outra que dá pra perceber que ele é realmente muito fã do personagem (ou está tentando não pagar um micão, ou as duas coisas).
Sem falar na nova Betty Ross de Liv Tyler!!!

Não acho que será melhor que Iron Man (que participa do filme, não "perdam"), mas espero que pelo menos seja um bom filme e assim que assistir eu posto aqui meus comentários.
Mas já vou adiantando uma coisa... não fui com as tampas do novo Abominável (representado pelo ator Tim Roth). Faltou as orelhas reptilianas, caray!!!

Mas tô seco pra ver a briga de quase meia hora do Hulk contra o Abominas!
Com certeza, vai ser melhor que essa treta com o Thor... =)



4 de jun de 2008

Homem Grilo#88

clique na tira para ampliar

Musculoso é o cara!
Foi no biotipo dele que a Marvel criou The Sentry (O Sentinela).
Foi em sua coragem de enfrentar um trem que criaram o Superman!
Foi baseado em seu jeito único com as mulheres que eles criaram... Johnny Bravo!!!

Homem-Grilo #87

clique na tira para ampliar

Web Black continua sua árdua missão, em busca da descoberta de poderes!!!
Mas enrolar a língua talvez seja o começo da descoberta de que ele realmente possui uma fisiologia alienígena. =)


A idéia para essa tira veio de uma conversa com um amigo sobre várias coisas relativas a quadrinhos, como quem é mais foderoso, quem tem poder fodástico ou punzinho e sobre aqueles personagens meio buchas que não possuem, assim, um poder tão interessante.
Isso acontece muito no universo X da Marvel.
Veja por exemplo, o Anjo, que tem o incrível poder de... voar!
Tem outros exemplos como aquele carinha que é transparente e o esqueleto fica a mostra (não sei seu nome nem seu poder), Mamomax que tem o maravilhoso poder de cuspir saliva ácida, aquele outro garoto bizarro que tem um polvo no tórax que bota ovo com uma réplica de quem toca... a lista é imensa! Não tão imensa (só existem 198 mutantes agora) e tosca!

Aquela Mansão X virou um verdadeiro Freak Show!

Os caras exterminaram milhões de mutantes nos quadrinhos com a Dinastia M e os 198 que sobram a maioria é de buchas bizarras?!?
E você? O que acha disso? Lembra de mais algum personagem tosco com poderes toscos? Hummm?

2 de jun de 2008

Enquanto isso na MTV...

clique na tira para ampliar

Essa tira eu fiz há um tempinho atrás, mas só agora tive tempo livre de concluí-la!
Foi logo depois de ter visto um comentário que a VJ Kika da MTV fez sobre uma banda qualquer aí (comentário maldoso diga-se de passagem), mas que foi muito espontâneo e que acabou ficando muito engraçado e inteligente.
À partir desse dia, tenho visto que ela, sempre com um jeitinho molecona, têm feito alguns comentários bem engraçados no meio das suas falas (falas escritas lógico!).
Pensando nela, ahem... digo, nisso, é que eu bolei essa tira e estou mandando lá pro Domínio MTV, pra eles verem.
Claro que essa piada não tem nada a ver com o fato de eu odiar essa bandinha emo NX0...hehehe.
Tomara que ela curta a homenagem.

Espero só que o Felipe entenda a piada... =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...