Blogger templates

29 de out de 2005

Primeiros Passos de um Filósofo Bêbado

" O Submundo não é aquilo que "eles" vendem, há diversão e um esquema complicado e subliminar de entretenimento utópico, e o mamão... bom, o mamão...se come com colher, oras"
Nietzche Vanderberger de Farias
 

28 de out de 2005

VOCÊ SABIA?


  1. Que é impossível lamber o próprio cotovelo? 
  2. Os camarões têm o coração alojado na cabeça? (e dizem que no homem é mais embaixo). 
  3. Um estudo abrangendo cerca 200 mil avestruzes durante mais de 80 anos, não registrou um único caso em que uma avestruz fosse vista enfiando a cabeça na areia. (quem foi o tonto que ficou lá olhando??) 
  4. (Atenção! Serviço de utilidade pública) Se mantiver, à força, os olhos abertos durante um espirro é possível que eles saiam das órbitas? 
  5. O isqueiro foi inventado antes do fósforo. 
  6. 35% das pessoas que utilizam os anúncios em jornais à procura de companhia já são casadas. 
  7. Ao longo da vida cada pessoa engole durante o sono, em média,cerca de 70 insetos e 10 aracnídeos. (E quem precisa de Baygon?) 
  8. 95% das pessoas que lêem este texto tentam lamber o cotovelo...

PODE ACREDITAR....APOSTO QUE VOCÊ TENTOU LAMBER O
COTOVELO, QUE EU SEI... EU TE CONHEÇO... CÊ É TONTO!

26 de out de 2005

Frase do dia


"Mal por mal, prefiro o de Alzheimer ao de Parkinson.
É melhor esquecer de pagar a cerveja do que
derrubar tudo no chão".

Zeca Pagodinho

As aventuranças de COTOCO

Cotoco é uma piada velha mas é o mais novo personagem do SUBMUNDO!!
Leiam as primeiras desaventuranças desse pequeno trocinho... Logo apresentaremos seu irmão, João-sem-braço.
Have Fun!!!






As aventuranças de COTOCO


Cotoco era um menino muito, muito feliz apesar de não ter os dois braços e as duas pernas.
Os amigos sempre tentavam levá-lo pra passear e se divertir.
Um dia o pessoal resolveu ir à praia.
- Já sei! Vamos levar o Cotoco - disse alguém. . .
- É isso! Vamos, Cotoco, a gente vai pra praia e vamos te levar com a gente.
- Não, de jeito nenhum! - disse o amigável COTOCO - Vocês não vão se divertir se me levarem...
- O que é isso, Cotoco! A gente reveza e cuida de você.
De tanto insistirem o Cotoco resolveu ir, e chegando lá os amigos o colocaram bem na beirada
da água, no rasinho e lá ele ficou se divertindo. Mas o pessoal se distraiu e ele foi ficando por lá...
De repente a maré começou a subir, subir e enquanto as ondas iam e vinham ele ia afundando,
afundando. Cotoco então começou a se desesperar....
Foi aí que um cara que já tinha tomado todas o avistou de longe e correu para o resgate.
Heróico, o bêbado pegou Cotoco nos braços e começou a nadar vigorosamente.
E o Cotoco pensou: - Ufa! Agora estou salvo. . .
Porém o bêbado estava indo pro lado errado e quando finalmente o "pé de cana" estava com
água na altura do peito lançou Cotoco violentamente para o fundo da água e gritou:
- fff...Vai, tartaruguinha. . . . . vai . . . .pá casa, vai...

As aventuranças de COTOCO II

Depois do quase fatídico e tragíco acontecimento na praia, no qual um banhista bêbado pensou
que ele fosse uma pobre tartaruguinha e o lançou bem longe em alto mar ....
Mas foi então que aconteceu um milagre: Cotoco começou a nadar com as orelhas!
Cotoco virou uma celebridade. Virou nadador profissional. Apareceu no Gugu, deu entrevista
no Ratinho, ganhou destaque no Show do Esporte e foi chamado para ir aos Jogos Para-Olímpicos.
Chegou o grande dia! Uma equipe contratada começa a prepará-lo e outra, especialmente
treinada, joga Cotoco na piscina, mas para espanto geral, o pobre Cotoco fica parado no fundo
da piscina, obviamente sem se debater, e é retirado às pressas para a superfície.
Ainda assustado com o grupo de curiosos que se forma à sua volta, Cotoco vai recuperando o
fôlego. Todos esperam uma explicação para tamanho fracasso até que Cotoco consegue finalmente dizer:
- Quem foi... o filho da puta que me...colocou...essa porra dessa touca?

As aventuranças de COTOCO III

Depois da quase trágica aventura no mar e da sua curta carreira como nadador, o coitado do
pobre cotoco resolveu fazer um programa que "APARENTEMENTE" não o colocaria em perigo.
Eis que ele reuniu seus fiéis amigos e foram em um circo....
Decorria o número do domador de leões, quando o leão escapou da jaula e foi para cima do
público. As pessoas começaram a correr de um lado para o outro, e os amigos do pobre cotoco, é
claro, deram no pé....
Cotoco se debatia nas arquibancadas e se esforçava para sair dali. Alguns, ao verem o pobre
deficiente, gritavam para que alguém o acudisse:
- Olha o aleijado!!! Olha o aleijado!!!
E cotoco debatendo cada vez mais rapidamente pelas arquibancadas.
- Olha o aleijado!!! Olha o aleijado!!!
E cotoco, sem aguentar gritou:
- VÃO TODOS SE FODER, SEUS FILHOS DA PUTA!!! VIADOS!!! DEIXEM O LEÃO ESCOLHER SOZINHO!!!

CASO VERDADE

Aviso: a história abaixo é verídica.

No entanto, por questões de segurança, os envolvidos pediram que suas identidades não fossem reveladas.
Por isso, seus nomes foram trocados no relato.
Orestes e Almeidinha (gostaram?) eram amigos de longa data. Moravam em bairros vizinhos, jogavam no mesmo time de pelada
efalavam as maiores baixarias no choppinho de quarta-feira depois do trabalho.
Sim... Orestes e Almeidinha trabalhavam na mesma empresa. E foi numa daquelas mornas tardes de trabalho que o inesperado aconteceu. Almeidinha estava enrolando na frente do computador.
Já tinha lido dezessete piadas de português quando bateu aquela irresistível vontade de tomar um cafezinho, ir ao bebedouro e, claro, como ele mesmo dizia, "dar aqueeeela mijada".
E lá foi o Almeidinha para o banheiro. Olhou-se rapidamente no espelho, ajeitou a gravata marrom (horrorosa), e quando abriu a porta da segunda cabine
(Almeidinha era fiel ao vaso como um cão. Quase supersticioso. Só ia na segunda cabine) deparou-se com uma cena até então inimaginável em seus piores pesadelos: Orestes, o bom e velho Orestes, morador do Méier, botafoguense (há coisas que realmente só acontecem aos botafoguenses) e pai rancoroso, estava ali, urinando sentado no vaso sanitário.
Almeidinha ficou mais pálido que bunda de padre.

Para ele, mijar sentado era (e é) um verdadeiro atentado contra toda e qualquer convenção de masculinidade.
Era (e é) um tapa na cara da tradição.
Era (e é) o que restava aos homens na luta contra a latente supremacia feminina.
Como é que ele, Almeidinha, "O" Almeidinha, cliente vip do Bar Luiz e chamado pelo nome na Vila Mimosa, poderia, a partir de então, passar a bola para o Orestes na pelada? Para quem ele enviaria aqueles e-mails com arquivos gigantescos de ninfetas nuas em ".pps"? Foi mais que um banho frio.
Foi, quiçá, um apocalipse... o maior desgosto da vida de um Almeidinha que, com um nó na garganta, ainda teve tempo de perguntar:

- Orestes... que p*%$#*orra é essa???
- Hã? O quê? Que é?
- gaguejava Orestes, que num primeiro estágio, ainda tentava disfarçar e fingir normalidade apesar dos olhos arregalados e das bochechas vermelhas.
- Orestes... (silêncio atônito)
- Que é, p*%$#*orra?!? Fecha essa porta, Almeidinha! Não tá vendo que eu tô aqui? - bradou, passando para o estágio 2 de quem é flagrado: o do contra-ataque.
- Fecha o cacete, Orestes! Fecha... o... cacete! Onde já se viu, rapá?! Tu tá mijando sentado, Orestes! Sentado! - gritou!
- Ih é... - voltando para o estágio 1.
- Orestes... sentado! - gritou mais alto.
- Shhhh... ô rapaz... - apontou para a porta do banheiro, pedindo silêncio e assumindo, ainda que parcialmente, sua condição passiva e culposa.
- P*%$#*uta m... - balbuciou Almeidinha, que como quem lamenta (ou reza), fechou os olhos, jogou o polegar e o indicador da mão direita (a que não estava segurando a porta) entre eles, respirou fundo, fez uma breve careta de quem respira fundo no banheiro, e voltou a perguntar:
- Orestes, vamos lá, o que tá acontecendo contigo?
- P*%$#*orra Almeidinha... - quase chorando.
- Não chora não, seu... seu... seu sentado ("xingou")! Conta logo senão eu...
- Tá bem
(interrompeu ousadamente)! É que segunda passada saí com uma loura descomunal. Almeida... nem te conto... 1,80m de mulher. Uma potranca!
- E daí? Ela te fez um "fio-terra" e você curtiu? Foi isso?
- Nããão... tô falando sério... a mulher era um estrondo, rapaz. A loura tinha um peitão, bundinha pra cima, toda se querendo (sic!) e na hora H... eu brochei.
- E daí?
- Daí que na terça quis dar a volta por cima e saí a Rosilene da xerox.
- A Rô?
- É... a Rô!

- P*%$#*orra, Orestes. Você nem conta!
- Pois é... logo com a Rô, moreninha, 19 aninhos, toda neném... na hora H, brochei de novo.
E no desespero, hoje na hora do almoço, recorri a uma profissional do ramo... aquela datatuagem, lembra?

- A do quadrilzinho?
- Essa aí! Brochei de novo.
- Orestes...
(tom solidário) tudo bem, brochar faz parte, pô. Mas mijar sentado? Por que? Pra quê?
- Almeidinha, depois de tudo isso você ainda acha que eu vou dar a mão para este filho da p*%$#*uta?!?!

Orestes
era mesmo um pai rancoroso.

Ele votou sim, mas é meu amigo!

Olá a todos!

Alguns de vcs não me conhecem, portanto direi quem sou.
Meu nome é Rodrigo Busnardo. Sou músico profissional e jornalista de formação acadêmica.
Adoro fotografar e praticar artes digitais. Tenho 33 anos e moro em Campinas-SP.
Já fui assaltado por 3 vezes; fiz Exército (28º BIB), fui atirador reconhecido pela "destreza"; nunca matei um passarinho sequer, mas já tive vontade de executar um marginal que entrou em minha casa para assaltar, bateu em minha mãe e quando foi encontrado pela polícia, disse que não sabia do que se tratava.
Sou da paz e não possuo filiação partidária.
Sei muito bem que é um saco ficar lendo opiniões sobre assuntos tão "indesejáveis", pois então já peço mil perdões.

Com relação ao referendo, partamos para princípios questionáveis.
A democracia é algo social no qual temos de nos acostumar, pois é assim mesmo.
Antes votar publicamente, do que impor regras através de medidas provisórias, diga-se, deploráveis (o que vinha acontecendo nos governos anteriores).
O problema não é o PT ou o Lula, nem Nietzsche e nem seu Super-homem.
O problema somos nós.

Não temos o costume da decisão pública por essa "via"... apenas em épocas de eleições. Além do mais, sempre achamos que o prefeito, o governador, o papa, o presidente, o Robinho ou o "homem da Net" irá resolver tudo.
Não é assim, hein?
Ah! Se pudéssemos ter referendos para decidir sobre a proibição da comercialização do cigarro e de bebidas alcoólicas, da legalização do aborto, da maconha, dos transgênicos ou do casamento homossexual, por exemplo!!!!
Quero retificar algo escrito no texto a mim enviado (texto elaborado por um jurista). O valor de uma arma gira em torno de R$ 2 mil e R$ 4 mil. Um projétil (ou bala, no crasso) custa mais ou menos uns R$ 2.
A base, no meu entendimento, é a seguinte: a paz se faz sem armas. É a velha história da pregação da violência. "Depois que inventaram a pólvora...". A liberdade de comprar uma arma de fogo é um bem adquirido sim, pela democracia.
O problema é que não se consegue a paz praticando a guerra. Muitos e-mails chegam falando sobre países que possuem altíssimos níveis de armamentos na sociedade civil.... o quê? EUA? Turquia? Rússia? São países de procedência moral completamente dúbia. São açogueiros de carne humana.... e sempre assim o fizeram há séculos.

O problema nunca é a raiva do morcego, e sim sua baba.

O Canadá possui armas nas mãos de civis porque há um território repleto de animais perigosos (ursos, lobos, etc).Uma arma mata ou aleija. Ela não serve pra curar alguém ou pra acrescentar algo.Há pelo menos dois jeitos de se evitar contatos com marginais, estupradores ou animais ferozes: o spray de pimenta e o eletrochoque.
O spray custa R$ 50 e a maquininha de choque custa R$ 100. São eficazes e não letais.
Eu, pelo menos, não pretendo sair de noite, ser assaltado e, pelas costas, matar o bandido.
Eu não nasci no Velho Oeste e não vivo nos tempos da Força Jedi. Vivo em um mundo violento sim, mas não faço parte da violência, pelo menos de forma ativa.
Tinha amigos que, bêbados, utilizavam suas Taurus para alvejar placas de trânsito e radares. E do outro lado das placas? O que havia? Pessoas em prédios?
Segundo a lei da física, uma bala, cedo ou tarde, independente da trajetória, deve atingir o chão, se não parar em nada sólido no caminho.O cidadão comum não é preparado para matar, mesmo que seja para se defender de um bandido. Na educação básica do mundo acidental não se ensina técnicas de autodefesa ou imobilização, muito menos procedimentos hostis no convívio social.Não sou contra a comercialização de armas, sou contra o uso de armas de fogo, sobretudo contra o dedo que a faz disparar em prol da morte de alguém.
Eu vou votar pela democracia (porque é importante exercitar o poder do voto, e sem anulações), pela paz incondicional, mesmo que tenha de enfrentar uma guerra, com apenas flores em minhas mãos, amores em minha alma transparente e consciência transparente em minha mente pacificadora.
Para mim, a paz é a maior arma contra as pessoas violentas.
Então eu não uso armas e não pretendo ver lojas e camelôs vendendo revólveres e munições para pessoas comuns.
As indústrias brasileiras devem continuar com a feitura de armas de fogo, mas para o universo militar (polícias e exército).


Texto escrito pelo meu amigo Rodrigo Busnardo, jornalista e escreve muitíssimo bem.

Beto Esponja Calça Rasgada

Olha só a figura!

20 de out de 2005

Artistas da vida

"Deus sabe que somos artistas da vida.

Um dia nos dá um martelo para
esculturas, outro dia pincéis e tinta para pintar
um quadro, ou papel e caneta para
escrever.

Mas jamais conseguirei usar martelos em
telas, ou pincel em esculturas."


17 de out de 2005

15 de out de 2005

Mudei de Opinião: Agora eu voto SIM!

Eu havia comentado num post anterior ou por e-mail não lembro... que eu era contra o desarmamento. Mas andei pensando melhor e me convenci que é melhor nos desarmarmos.
Vou dar-lhes 18 motivos:

1. Descobri que a chance de se sair bem ao reagir a um assalto é de uma em 288.345.774.324.500.
As estatísticas provam que nos outros 288.345.774.324.499 casos, a vítima que reagiu morreu.
2. Descobri que a arma legal alimenta os bandidos. Todas aquelas AR-15, AK-47, granadas e bazucas que os traficantes do Rio usam foram roubadas de cidadãos honestos que compraram as armas legalmente. Da minha casa mesmo, por exemplo, ano passado me roubaram quatro mísseis stinger e três tomahawk;
3. Descobri que todos os pais que têm armas de fogo costumam deixá-las carregadas e engatilhadas em cima do sofá da sala. Por isso que 94 milhões de crianças brasileiras morrem brincando com armas de fogo todos os anos.
4. Descobri que todos os assaltantes de casa têm superpoderes. Eles atravessam portas e paredes e se materializam imediatamente na sua frente e apontam uma arma para a sua cabeça enquanto você ainda está deitado, tornando impossível qualquer reação. Eles não perdem tempo e fazem barulho arrombando portas.
5. Descobri que se eu vir ou ouvir algum bandido pulando a cerca e entrando no meu quintal, eu não vou conseguir afugentá-lo com um tiro para cima ou para o chão. Se ele ouvir o tiro, aí sim, é que ele vai ficar excitado e vai querer de toda forma entrar em casa e trocar tiros comigos. Eles adoram fazer isso.
6. Descobri que se o NÃO ganhar, as armas de fogo vão imediatamente ficar 90% mais baratas e vai acabar a burocracia para a compra de uma. No dia seguinte à vitória do NÃO, qualquer pessoa (bandido ou não) vai poder ir numa loja de armas, comprar um 44 e oito caixas de munição, já vai sair armado e vai para o bar mais próximo para arrumar briga e me matar.
7. Descobri que delegados e policiais civis, militares e federais - que são em quase totalidade favoráveis ao NÃO - não entendem N-A-D-A de violência e criminalidade. Quem manja mesmo do assunto são atores, sociólogos e dirigentes de ONGs internacionais.
8. Descobri que estrangeiros que lideram ONGs como a Viva-Rio têm muita experiência no assunto. Afinal, todo mundo sabe que a situação social, econômica e de criminalidade da França, Inglaterra e Estados Unidos (que é de onde eles vêm) é IGUALZINHA à realidade do Brasil. Não tenho a menor dúvida de que as teorias que eles têm vão funcionar direitinho aqui.
9. Descobri que 90% dos casos de homicídios são cometidos pelos chamados cidadãos de bem. Claro que isso é só dos homicídios ESCLARECIDOS, que são menos de 5% dos casos. Mas pela lógica, os outros 95% dos homicídios, que não são esclarecidos, também deve ser causados pelos cidadãos de bem.
10. Descobri que o governo quer que a gente vote sim. E o governo sempre pensa no nosso bem. Afinal, todo mundo sabe que a qualidade da saúde pública, ensino público, segurança pública, e etc vem melhorando cada vez mais, dia a dia.
11. Descobri que se o SIM ganhar, não vão mais acontecer mortes banais. Maridos ciumentos só vão agredir as mulheres com travesseiros, torcidas organizadas vão se dar as mãos, facas e canivetes vão perder o fio, tijolos e paus vão ficar macios e os pitboys vão todos se converter ao budismo.
12. Descobri que até agora, o desarmamento voluntário já deu resultados. É claro que a queda nos atendimentos dos postos do SUS em São Paulo nos últimos 12 meses foi devido à diminuição do número de armas, e não devido a maiores investimentos em segurança e educação.
13. Descobri que o jovem é a principal vítima da arma de fogo. Claro que isso não tem nada a ver com o fato de o jovem ser o maior usuário de drogas, e nem o fato de que quase 100% dos envolvidos no tráfico de drogas têm menos de 30 anos (porque morrem ou são presos antes).
Isso é só coincidência.
14. Descobri que todo mundo que tem arma de fogo é um suicida em potencial. E a única causa do suicídio é a arma de fogo, e não a falta de perspectivas, falta de um ideal, falta de um sonho a buscar ou então distúrbios mentais como a depressão.
15. Descobri que se algum bandido invadir a minha casa, basta eu ligar para o 190. A polícia sempre tem homens e viaturas sobrando e levará menos de 3 minutos para me atender.
16. Caso isso não aconteça, basta eu fazer o sinalzinho do "sou da paz" com as mãos e o ladrão vai saber que eu sou um sujeito legal, e então ele vai embora em paz sem levar nada e sem violência nenhuma. Eles sempre agem assim quando descobrem que você é da paz, e não um daqueles psicopatas malvados que são a favor do NÃO.
17. Caso o ladrão seja muito, mas muito malvadão, eu só preciso gritar por socorro. Em cinco segundos vão aparecer a Fernanda Montenegro, a Maitê Proença e o Felipe Dylon para me salvar e prender o bandido. Sem usar armas. Êêêêêêêêêêê!!!
18. Se o SIM ganhar, o Brasil vai ser um país mais feliz. Que nem na novela! Uêbaaaaaaa!

Não sejamos hipócritas! De que adianta tirar a chance da população se defender se a bandidagem continua armada?
De que adianta tirar a chance da população se defender se a polícia não tem recursos?
De que adianta isso tudo se lá em Brasília esses que querem nos desarmar nos assaltam a todo momento? Só pode ser pra impedir que algum de nós atirem neles... E que não me apareçam aqui os Direitos Humanos, porque Direitos Humanos é o caralho! O dia que algum desse putos tiver a mãe sob a mira de um assaltante venham falar comigo... enquanto isso se atenham a sua mediocridade bando de filha da puta hipócritas!


6 de out de 2005

Leia descrição do teaser de X-Men 3

Até que enfim uma notícia boa do filme!!!
Por Emílio Elfo



Eu quero ver logo o Colossus sair na mão com o Fanático!!!

Várias fontes gringas deram destaque hoje para a descrição do teaser-trailer de X-Men 3 e vendo a descrição, devo dizer que parece simplesmente show de bola!
E olha que, devido às últimas notícias da produção (uma mais bisonha que a outra), eu só tava malhando ele e, no fundo, torcendo para ser uma bom.

Tomara que seja, o nerd dentro de mim reza por isso.
Bom, sem mais enrolação, vamos à descrição da coisa:

Tela preta.
Cena de Ciclope falando enquanto o Professor Xavier está deitado numa mesa de vidro.
Ciclope: "O Professor entrou em um coma profundo. Algum tipo de vírus ou algo assim tomou seu corpo".
E tela fica preta novamente.
Cena de Tempestade falando com Lince Negra. Lince está com as mãos no rosto, chorando.
Tempestade: "Às vezes, difíceis decisões que tomamos são as mais difíceis de entender, principalmente quando nos causam dor".
E mais uma vez a tela fica preta.
Cena de Wolverine correndo por uma floresta, à noite.Tela preta de novo...
A música começa baixa, numa base rítmica de bateria bem de fundo, com uma base de trombone também baixa.
Cena dos X-Men (Ciclope, Fera, Vampira, Lince Negra, Wolverine, Tempestade e Homem de Gelo - que formação, hein?),
vistos de cima, como se a câmera pairasse no ar. Uma luz laranja muito forte aparece e tela fica preta de novo.
Cena de Pyro e Homem de Gelo, numa estrutura que parece ser uma caverna, encarando um ao outro.
Pyro: "Bobby, sua mãe não te falou que não se deve brincar com fogo?" - sua mão começa a ficar em chamas
Homem de Gelo: "Não, John, minha mãe falou pra VOCÊ nunca brincar com fogo". - surge uma bola de gelo na mão de Bobby.
E mais uma vez a porcaria da tela preta. ^_^
Cena de Ciclope falando com alguém que não aparece na tela.
Ciclope: "A última coisa que precisamos aqui é de você".
Personagem em off: "A primeira coisa que você precisa aqui, é se lembrar de com quem você está falando".
E tome tela preta!
Cena de Colossus pulando na frente de Lince Negra, para salvá-la.
Um soco o arremessa longe.
Kitty grita e Vampira se desespera pelo Homem de Gelo.
E tela preta (sentiram a falta dela?)
Cena de Magneto falando.
Magneto: "Você não pode ser tolo o bastante para achar que controla seus poderes". - e ele começa a arremessar objetos de metal para todos os lugares.
Tela preta.
Cansei...
Cena de Jean Grey caindo no chão, batendo primeiro a cabeça...E tela preta.
Cena de Ciclope diante de um túmulo. O dia está muito cinzento e o clima, pesado.
Ele chora sem parar.
Ciclope: "Eu nunca quis isso para nós. Acredite em mim quando eu digo isso. Vou sentir saudades".
Tela preta.
Close no Fera.
Fera: "Se falharmos, iremos falhar com os mutantes como um todo".Tela preta.
Cena de Fanático pulando de um barranco, numa cena impressionante. Tela preta.
Voz do Professor Xavier: "Amigos, às vezes morrem. Inimigos renascem".
Cena das garras de Wolverine formando um "3"


Fim do teaser.


Ok, ok, agora que comecem as especulações. Gostou?

1 de out de 2005

Apresentação biográfica

Vinicius Visentini, ou simplesmente Vini, nasceu há 35 anos atrás na cidade de São Paulo, e mora no interior, na cidade de Valinhos.

Sua história começa quando criança, no dia que caiu dentro de um tanque que continha a mistura de grafite químico e nanquim radioativo, fazendo-o se transformar num desenhista mutante! Após anos de treinamento na técnicas ninjas da 9ª Arte se tornou também roteirista, arte-finalista e colorista de HQs.

Formado em 2010 em Design Gráfico pela UNIP-Campinas, atua como ilustrador freelancer e quadrinista, mas também lhe sobra tempo pra trabalhar com outras coisas, como alimentar suas próprias criações e manter suas maquinações de conquistar o mundo, que podem ser conferidas aqui nesse BLOG.

Apesar de já ter feito alguns trabalhos de ilustrações para produtos multimídia e tiras para um jornal local, está tentando, através da Internet, adentrar o mercado nacional independente de Quadrinhos e quem sabe, num futuro não muito distante, conseguir se tornar um profissional da área.

Sua primeira participação de destaque na web foi em 2007, como desenhista das tiras do Homem-Grilo e depois como roteirista, desenhista e colorista de uma webcomic que mostrou um inusitado encontro do personagem Homem-Grilo de Cadu Simões e os Melhores do Mundo, contra-partes fictícias de um grupo de blogueiros. Em 2008, fez outra webcomicScabies. com personagens próprios, os
Participou de todas as 6 edições da revista Subversos, do terceiro e quarto número (e futuramente de muitas outras) da HQ do personagem mais ácido dos quadrinhos nacionais, o Val, de Vagner Francisco.
Mas seus projetos para o futuro não param... apesar de alguns estarem engavetados, por tempo indeterminado, como o Quinteto Bombástico e as aventuras de um grupo de super-heróis idosos, conhecidos como os Veteranos da Paz, uma HQ feita em parceria com o criador de Tristão, o roteirista Estevão Ribeiro, outras HQs estão em produção, como:

- uma paródia da vida do herói Homem-Aranha, uma homenagem ao personagem da Marvel;
- uma paródia da vida do herói Batman, uma homenagem ao personagem da DC;
- O Escalador;
- Val;
- Feras Wushu

Sejam bem-vindos ao SUBMUNDO Mamão!!!!!

Quer acompanhar meu trabalho?


http://meadiciona.com/vini_visentini

Para ver a minha galeria de desenhos, acesse: http://vinivix.deviantart.com/

Meus portfolios:

http://www.wix.com/vini_designer/portfolio
http://viniciusvisentini.daportfolio.com/gallery/341141#3
http://vinivisentini.carbonmade.com/ 
 
-------------------------------------------------------------------------------------------
Serviços oferecidos:
- Ilustração editorial

- Ilustração para propaganda
- História em quadrinhos
- Criação de capa de CDs, livros, etc.
- Criação de personagens
- StoryBoards
- Caricartoon
- Desenho artístico

Trabalho apenas c/ contrato.
 





(atualizado em 11/03/2012)
veja também: bio no bigorna.net
Reblog this post [with Zemanta]

Submundo Mamão

Bom, meus caros. Depois de tanto tempo fora ou por fora, volto pra dar um gás nisso aqui.
Tenho uma porrada de novidades, mas como sou um cara discreto, não vou comentar nada! =o)
Não, sério...participei do 32° Salão de Humor de Piracicaba. Muito bom!
Primeira vez e coloquei lá meu nome entre os selecionados!!!

Novembro/Dezembro tem Pearl Jam e eu vou! Quer dizer, se esse impasse lazarento dos caras tocam ou não tocam, for resolvido, pelo nosso nobre ex-candidato a Presidência e ex-cabeludo, José Serra! Vamu lá, mermão.
Libera o Paca!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...