Blogger templates

7 de mar de 2010

Música: Gorillaz - Plastic Beach


Fazia um tempo que estava curioso para ouvir o novo álbum dos Gorillaz. Exatos cinco anos.
Depois do lançamento de Demon Days em 2005, eu esperava uma melhora para um terceiro álbum. Apesar desse disco ter desbancado o primeiro, nos EUA e UK, com alguns sucessos como "Dirty Harry", "Feel Good Inc.", "El Mañana" e "Dare", ainda acho que ele não foi assim tão melhor quanto o primeiro. Não curto muito música eletrônica, mas curti a proposta da banda, não só pela música, mas pelo visual que eles resolveram adotar.
Já era fã dos desenhos de Jamie Hewlett em Tank Girl e quando a banda apareceu no cenário musical, mostrando apenas sua "fuça" virtual, achei aquilo muito criativo e original!
Enfim, achei que deveria dar uma chance e ouvir o que eles queriam dizer com aquilo tudo! 


Mas vamos voltar pro lançamento do álbum "Plastic Beach". Eu achava que iria encontrar mais coisas parecidas com a tecno-punk "White Light" ou até uma nova "Clint Eastwood", quem sabe...
Apesar da enorme lista de ilustres convidados como Snoop Dogg, De La Soul, Lou Reed e dos "punks" do The Clash, Mick Jones e Paul Simonon, achei o álbum bem ruim.

Plastic Beach” deixou de lado o pop-rock para ser, na maioria das canções do disco, um álbum de electro e hip-hop, só flertando um pouco com o pop eletrônico em "Rhinestone Eyes", com reggaeton em "Sweepstakes" e com a música árabe, sem dúvida, na melhor canção desse disco, chamada “White Flag”.
A música de abertura, "Orchestral Intro" mais parece aquelas musiquinhas de arcade, do tipo Double Dragon, que eu costumava jogar na adolescência. Rachei de rir quando a ouvi.
Outra canção que ficou boa é "Glitter Freeze".
"Pirate Jet" é bonitinha e funciona muito bem com desenho animado. Nasceu pra isso, por assim dizer e deveria ser o próximo clipe da banda.
Assim como "Stylo", que só funciona bem num clipe mesmo. Só pra ouvir, achei que ela ficou chata.

Mas o álbum tem outras músicas tão chatas quanto... e na minha opinião, apesar de saber que futuramente irão babar o ovo em músicas como “Superfast Jellyfish” ou até na faixa-título “Plastic Beach”, o álbum não chegou nem perto do primeiro em termos de criatividade e musicalidade. Tanto que fizeram outra "Dare" para o álbum...
Não gostei. =(


Quando ouvirem a Frankestein "Eletric Shock" vocês entenderão.

Acho que esse disco do Gorillaz não foi feito pra quem curte um som mais pesado com certeza! Em se tratando de Gorillaz, ainda prefiro ouvir as antigas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentaê

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...