Blogger templates

10 de ago de 2009

Personagens de Quadrinhos: Pinguim

O Pingüim é um dos vilões mais tradicionais do Batman.
Oswald Chesterfield Cobblepot estreou em dezembro de 1941 na edição 58 da revista Detective Comics, nos primórdios da DC Comics. Assim como o Coringa, em suas primeiras aparições, ele tinha um comportamento assassino, mas à partir de 1943, essa imagem foi meio que atenuada e o criminoso se restringiu a infrações como fraudes, seqüestros, apropriação indébita, extorsão e roubo armado. Não, ele não ficou mais gente boa... apenas ficou mais rico, e tinha como mandar matar.
Sua velha índole sanguinária retornou em outra versão. Em 90, tornou-se dono de uma casa noturna, chamada Iceberg, que era o lugar onde ocorriam as negociações de todos os integrantes da máfia de Gotham City.
Atualmente, apesar de reconhecido como um empresário legalizado na cidade e sem seu antigo status de assassino sanguinário, o Pinguim, ainda adepto de negociações escusas, é o que podemos chamar de um mafioso.
Sempre achei que esse papel lhe cairia melhor.
Com esse tema, a máfia de Gotham, acredito que fica mais fácil de se escrever histórias que rendam com esse personagem.
Cobblepot sofreu bulling quando pequeno pelos colegas por ser muito parecido com o pássaro que lhe rendeu o apelido. E esse tema é sempre recorrente em suas histórias.
Eu li poucas histórias legais com ele e a que mais me agradam são aquelas publicadas em especiais do
Batman.
A pior coisa do personagem são os seus guarda-chuvas. Cada modelo traz um truque diferente: armas ocultas, dispositivos de transporte, gás, pó, etc. Bobagens adquiridas da década de 60.
No cinema, foi interpretado por Danny DeVitto em Batman Returns, filme dirigido por Tim Burton e que lhe acrescentou o ar gótico e o comportamento assassino das primeiras aparições.
Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentaê

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...