Blogger templates

27 de dez de 2013

Não se Fazem Mais Bonequinhos como Antigamente! #2


Ah, os anos 70 e 80... saudades da época em que a gente brincava com os bonequinhos da Gulliver!


Sim! Naquela época a gente podia chamar os bonequinhos pelo nome deles. Não, nada desse negócio de "action figures" de hoje em dia! Figuras de ação, figuras de ação... e que ação tinha naquilo?
Os bonecos eram mais parados que o próprio desenho desanimado da Marvel da década de 60!!!

Mas mesmo assim divertiam!

Alguns vinham sem a pintura, eram apenas da cor do plástico (laranja, azul, cinza, verde... um carnaval de cores!), mas outros vinham coloridos à mão. Coloridos por crianças cegas de Madagascar ou por freiras manetas do Casaquistão. Sério, a pintura era foda! Tudo torta! E esse é um quesito que até hoje não mudou muito no mundo dos bonecos pintados à mão. (Quem duvida dá uma olhada nessas novas bonecas da Betty Boop que foram recém-lançadas!).

Originalmente, eles foram produzidos pela Disvenda, de Portugal, e aqui no Brasil eles foram relançados pela Gulliver, por isso tinham um pouco mais de qualidade do que aqueles feitos pela empresa de brinquedos portuguesa. Mas o conceito era o mesmo, um boneco estático numa posição de ataque que quase se repetia em todos os bonecos da coleção e colocados em cima de numa "prancha" para poderem ficar em pé. O que me fazia sempre brincar como se todos fossem uma versão alterada do Surfista Prateado ou que todos eram super-heróis skatistas.
Eu ainda tentava movimentos um pouco esses bonecos mas nunca dava certo... resultando numa inevitável quebra de braços, pernas ou de pranchas.

Eu tive quase todos. Não me lembro de ter tido o Visão, nem o Surfista, mas lembro que tinha um amigo que tinha e eu pegava emprestado.


Depois eles lançaram mais personagens, inclusive os da "concorrente" DC Comics. Todos com a mesma posição. Lembro que fizeram alguns Homens-Aranha eram diferentes. Tinha umas 3 versões do personagem.
O mais legal de brincar, na minha opinião, era o Hulk!
Era o único que tinha uma posição legal de luta!

 
Hoje, esses bonecos são raríssimos e atingem bons preços em sites de vendas e leilões (Obrigado por ter jogado os meus no lixo, mãe!). Pessoas que querem recordar um pouco a infância pagam zilhões por uma peça dessas. Eu gostava bastante destes bonecos! Mas não pagaria zilhões...

Logo depois desses bonecos mais parados que olho de vidro, a Gulliver trouxe ao Brasil um lançamento fabricado pela Matell, bonecos baseados na clássica saga Secret Wars (Guerras Secretas) da Marvel. A primeira versão foi lançada em 1984 e trazia um disquinho holográfico onde era contada a identidade secreta dos heróis (pra quê, meus Deus, pra quê?!?).

O fato é que eles venderam  muito nessa época, porque aproveitaram uma série que tava bombando na época!




Os bonecos eram bem toscos, mas lembro que eu era fissurado em ter um desses!!! Principalmente porque, nessa mesma época, também estava vindo ao Brasil os bonecos do He-man, outro produto da Mattel. Eu achava que eles eram do mesmo tamanho e quando vi que não era, que os bonecos do He-Man eram gigantes perto deles, mais fortes e tal, vi que não dava brincar direito.
Viu o "castelo do Homem Aranha"? Não era porque o Doutor Destino tinha um não. Era por causa do He-Man mesmo! Todos os brinquedos da Marvel foram puxados para a linha do Mestres do Universo. A molecada era confundida o tempo todo! E olha que a chinesada ainda não tava na ativa naquela época como hoje!

Mas, mesmo assim, existiam coisas como essas aqui:



Esse último eu tenho quase certeza que foram customizados, mas hoje em dia, não duvidaria que não fossem "piratões".


Queria poder falar mais sobre alguns bonecos, como aqueles que vinham em motos, e ficavam naquela posição ingrata, ou seja, se você quebrasse a moto (coisa que não era nada impossível em duas semanas) você acabava com um bonequinho de cócoras que parecia estar cagando o tempo todo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentaê

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...