Blogger templates

14 de mar de 2009

A Abertura de Watchmen - o Filme

Um dos pontos altos sem dúvida foram os créditos iniciais do filme Watchmen. Isso já se tornou "lugar comum" em qualquer resenha sobre o filme que você possa ler.
É unanimidade e todos o apontam como um grande diferencial, por ter explicado situações importantes para o entendimento do filme para aqueles que não haviam lido a revista e para os leitores "da antiga", foram inseridas partes que respeitaram a mística da história em torno do ínicio da vida desses heróis.
Ponto muito positivo para a película e para o diretor Zack Snyder!


Prova disso é que ele rapidamente "caiu na rede"! E observando novamente e atentamente a esse vídeo, pude ver coisas que passaram despercebidas e mostrar outras que já tinha comentado e visto.

Então, confira comigo no replay...



Aí vai um "walkthrought" do vídeo para orientar quanto às referências usadas!

Cena 1 - O Coruja salvando Thomas e Martha Wayne, pais de Bruce Wayne. Sim, o Batman. Também pode ser visto um pôster da HQ do personagem na parede aos fundos onde mostra Batman e Robin balançando entre os prédios de Gotham City.
Cena 2 - A "bizoiada" dos tiras nos peitos da primeira Silk Spectre. Achei hilário!
Cena 3 - O Comediante, novinho, prendendo assaltantes de banco.
Cena 4 - A primeira reunião para foto dos Minutemen em 1940. Antes do estupro da Silk pelo Comediante.
Foto mostrada bastante vezes na revista.
Cena 5 - As "Nose Arts" eram muito comuns em aviões da Segunda Guerra e as "Pin ups" eram as preferidas nesse tipo de arte. A cena mostra uma da Spectral num avião B-29.
Cena 6 - Silhouette alterando a história! O famoso beijo entre o marinheiro e a enfermeira em Times Square no dia da rendição do Japão na Segunda Guerra Mundial perpetuada pelo fotografo Alfred Eisenstaedt, deixou de existir aqui!
Cena 7 - Dollar Bill morto, depois de ser alvejado por um ladrão de bancos. Sua capa fica presa na porta giratória do banco, facilitando assim para o ladrão. O fato também foi lembrado na animação da Pixar, Os Incríveis, no discurso de Edna Moda contra as capas dos super-heróis. Aliás, essa não foi a única referência à Watchmen. Os heróis da Pixar também vivem em um mundo onde seus poderes não são desejados, e eles também acabaram sendo forçados a se aposentar por razões similares - processos e impopularidade. Outro tributo muito mais direto e óbvio à Watchmen: numa tentativa de se estabelecer como super-herói, Síndrome envia um robô por um míssil para destruir a cidade para fazer com que pareça um ataque alienígena.
Cena 8 - Esta não precisa muito de explicações. Referência à famosa obra de Leonardo Da Vinci, a Última Ceia. Sally Jupiter, a Espectral I, já aparece grávida e no pano de fundo, podemos ver que ela está saindo de licença ou mais provável, se aposentando. Outra curiosidade sobre a obra de Da Vinci que está ligada a Segunda Guerra Mundial, é que a original, que se encontra num convento de Santa Maria delle Grazie em Milão, sofreu agressões num bombardeio aéreo.
Cena 9 - o Minuteman Mariposa sendo levado para o hospício em 1953.
Cena 10 - A morte de
Silhouette e sua namorada, a enfermeira da foto. A homofobia é demonstrada pelas palavras escritas com o sangue das duas na parede: "Lesbian Whores" - ou o equivalente á Prostitutas Lésbicas.
Cena 11 - A notícia de que os Russos possuem a bomba nuclear no jornal de um homem que espera pacientemente pela sua vez, no trampo árduo da mãe do pequeno Walter Kovacs, que se tornaria o violento Rorschach.
Cena 12 - Registro do encontro do Dr. Manhattan e o então presidente John F. Kennedy na Casa Branca, entre cientistas e militares.
Cena 13 - Mostra Kennedy, em Dallas, sendo atingido por dois tiros num desfile em carro aberto durante a campanha para reeleição no verão de 1963 e Jackie em desespero na traseira do carro. A única diferença com o que realmente aconteceu é que em vez do ex-fuzileiro naval Lee Harvey Oswald ser o responsável pelos disparos, temos o Comediante. Na revista apenas é insinuado que Edward Morgan Blake é o responsável por isso.
Cena 14 - Essa cena se repete mais duas vezes durante o filme. É a briga entre a mãe de Laurel Jane, que viria a ser a Espectral II, e seu suposto "pai". Vemos também a imagem de Thich Quang Duc, um monge budista vietnamita que se sacrifricou ateando fogo ao próprio corpo num protesto contra a maneira como a sociedade oprimia a religião Budista no seu país, numa rua super movimentada de Saigon em 1963.
Enquanto o seu corpo ardia sob as chamas, o monge manteve-se completamente imóvel. Não gritou, nem sequer fez um pequeno ruído, por isso ficou conhecido como o Protesto Silencioso.
Outra curiosidade sobre esse caso, é que após a sua morte, seu corpo foi cremado conforme manda a tradição budista. Sim, sobrou algo pra cremar... e o mais interessante é que seu coração permaneceu intacto!
Cena 15 - Bandidos presos ao hidrante com um cartão do Rorschach no chão, ao melhor estilo Homem-Aranha!
Cena 16 - Encontro entre o cubano Fidel Castro e o chefe do governo russo Nikita Kruschev durante uma apresentação da esquadra russa, no Kremlin. Provavelmente isso aconteceu em 1961, quando a antiga URSS oferece proteção militar à Cuba. O começo da treta entre EUA e Cuba, que resultou no embargo ecônomico à partir de 59.
A curiosidade disso fica por conta do nome dos mísseis que os EUA instalaram na Turquia para atacar Cuba, Júpiter, sobrenome das Espectrais.
Cena 17 - A parte mais impressionante na minha opinião. Os protestos hippies pela paz. A moça coloca uma flor na arma do policial militar e... Cabum! Ouvi muitos "Nossa!" no cinema.
Cena 18 - Andy Warhol espondo suas obras, lá no fundo um retrato de Ozzymandias e as manchas de Rorschach. Entre elas o Coruja numa obra que ficou mundialmente conhecida na verdade, com o rosto de Marilyn Monroe.
Cena 19 - Dr. Manhattan acompanhando a missão Apollo 11 que pousou na superfície lunar em 20 de Julho de 1969, num local chamado "Sea of Tranquility" (Mar da Tranquilidade). Neil Armstrong e Edwin Aldrin tornaram-se os primeiros homens a caminhar no solo lunar. A esta altura, Jon já devia estar cansado de visitar planetas...
Cena 20 - Ozzymandias na entrada de uma boate, provavelmente a Studio 54, que bombava muito na década de 70. Consegui identificar o pessoal alegre do Village People, o andrógeno David Bowie com seu personagem Ziggy Stardust e, talvez, do seu lado seja o Stone Mick Jagger. Achei que isso fosse em 72 ou 73, época em que Bowie criou o personagem, mas como a Studio 54 só inaugurou em 77, é bem possível que seja mesmo no fim dos anos 70. Também é bem possível que o Ozzy realmente tenha um lado feminino mais assim...digamos, latente. Isso explicaria a pasta "Boys" em seu computador...
Cena 21 - Adorei essa imagem! A primeira foto dos Watchmen! Isso ficou fantástico!
Cena 22 - Nixon reeleito pela terceira vez e o "Relógio do Juízo Final" sendo adiantado para às cinco para meia-noite, ou mais conhecido como 23:55 hs. O relógio mede a tensão entre os EUA e a União Soviética na revista. Quanto mais próximo da meia-noite...pior.
Na real, existe um "Relógio do fim do mundo" que foi inaugurado em 1947, pelos estudiosos que participaram do ultra-secreto Projeto Manhattan.
Na sua inauguração, o relógio marcava 11h53. Em 1953, quando os EUA fizeram o primeiro teste da bomba de hidrogênio, o relógio chegou a marcar 11h58. Após o fim da Guerra Fria, em 1991, os ponteiros recuaram para 11h45, dando ilusão de uma possível paz.
Por fim, a famosa frase "Who Watches the Watchmen?" (Quem vigia os Vigilantes?) sendo escrita numa vidraça prestes a ser quebrada. Essa frase foi retirada de uma sátira de Juvenal e é mais conhecida em latim como "Quis custodiet ipsos custodes", hum?!


Submundo Mamão também é cultura, viu?

3 comentários:

  1. Achei sua referência para a cena 17 de seu post:


    Foi o Levante do Pentágono, a foto foi feita pelo fotógrafo francês: Marc Riboud, site: http://www.marcriboud.com/marcriboud/accueil.html


    Veja foto de referência no meu blog:

    http://photopoetryprose.ning.com/profiles/blogs/o-levante-do-pentagano

    ResponderExcluir
  2. Valeu Haroldo!
    Essa eu realmente não sabia.
    Obrigado por "linkar" o Submundo lá no seu blog!
    Abs!

    ResponderExcluir
  3. O melhor é o Bob Dylan no fundo de tudo.

    T+

    ResponderExcluir

Comentaê

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...